MUNDO_POKER-GRANDE
041021-N8-October-Giveaway-portuguese-1920x350
Royal Pag

Geral

Nick Petrangelo enfrenta estrelas e fatura mais de US$ 2 milhões em dois dias com título e vice nos SHR do Aria

Americano teve um fim de semana inesquecível e saiu com uma bela forra

Publicado

em

Nick Petrangelo

A WSOP fez com que muitos jogadores se movessem até os Estados Unidos para jogar os eventos da série mais famosa do mundo. Mas, fora dela, uma grande oferta de bons torneios também tem atraído alguns dos melhores jogadores do mundo. No Cassino Aria, por exemplo, aconteceu no último fim de semana dois torneios High Rollers.

Os Super High Rollers do Aria reuniu grandes nomes do poker mundial nos mais caros torneios disponíveis na ocasião. Os buy-ins não eram nada baratos: US$ 100 mil e US$ 200 mil. Apenas os mais capacitados do mundo ingressaram no field, e um famoso nome ganhou destaque absurdo por conta de sua participação: Nick Petrangelo.

LEIA MAIS: Incentivadora do poker feminino, Natalie Hof Ramos quer ampliar comunidade com jogadoras do Brasil: “espalhar pelo mundo”

O americano engatou nos dois torneios e brilhou de maneira efusiva. Ele saiu com um título e um vice e uma forra monstruosa para sua conta. No maior torneio dos dois, com buy-in de US$ 200K, Petrangelo enfrentou 17 jogadores na competição, com apenas três deles sendo premiados. E foram grandes nomes.

No heads-up, Nick Petrangelo bateu o craque David Peters para faturar a bagatela de US$ 1.468.000. O vice-campeão também saiu com sete dígitos na conta, levando US$ 1.387.000. O último premiado foi outro dos maiores nomes da atualidade. Michael Addamo ficou com o bronze e recebeu US$ 544.000 pela nova chegada.

David Peters foi o rival do heads-up no US$ 200K

Um dia antes, Petrangelo já tinha aprontado no torneio de US$ 100K. Competindo num field de 22 jogadores, o americano tinha dado mostras de que estava querendo levantar um troféu. Ele foi o segundo colocado do torneio, sendo superado nesta ocasião pelo compatriota Jake Schindler.

Schindler recebeu o maior prêmio, de US$ 655.000, enquanto Petrangelo ficou com US$ 625.000. Somada a premiação conquistada no dia seguinte com o título do maior torneio, os valores atingidos pelo americano superam a marca de US$ 2 milhões, totalizando US$ 2.093.000.

O evento de US$ 100K do Aria premiou ainda outros dois jogadores. Seth Davies e Stephen Chidwick foram terceiro e quarto colocados, respectivamente, e garantiram US$ 460 mil cada um.

Jake Schindler saiu com o título do US$ 100K

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #22 do Depois do River:

Geral

Explosão na mesa final da WSOP ganha imensa proporção e causa problemas até em casa para Phil Hellmuth

Jogador prometeu melhorar após ver repercussão de sua família

Publicado

em

Postado Por

Phil hellmuth

O assunto da semana foi mesmo o show às avessas de Phil Hellmuth na mesa final do Evento #19 Seven Card Stud, de US$ 10.000. O americano tentava conquista seu 16º título da série, da qual já é o maior vencedor, mas sua habilidade no jogo acabou ficando em segundo plano.

O que roubou a atenção de todos foi seu mau comportamento durante toda a decisão. O “Poker Brat” passou do ponto, com xingamentos exaustivos, reclamações a todo tempo, palavrões e muitas outras coisas ruins. Ele caiu em quarto, não alcançou o título, e os dias seguintes foram piores.

A repercussão de suas atitudes foi enorme. Diversos membros da comunidade do poker criticaram a ação de Hellmuth, incluindo nomes de grande peso no cenário. Até André Akkari pareceu indignado com o que o “Poker Brat” havia feito naquela ocasião. Ter a mídia em cima sempre fez parte do personagem, mas dessa vez as consequências foram maiores.

LEIA MAIS: WSOP: Daniel Lazrus escapa de zagueirada insana no heads-up, fatura o Millionaire Maker e segundo bracelete em 2021

O mau comportamento do americano tornou-se tema em sua própria família, em sua própria casa, e o que se deu com isso acabou deixando Hellmuth em uma situação bastante desconfortável. Em um de seus tweets, ele pareceu arrependido de suas ações:

“Minha mãe e meu pai ficaram com vergonha / raiva de mim… Meus amigos me disseram que eu estava fora da linha. Depois de 44 horas ridicularizado nas redes sociais, e percebendo que meus discursos são um mau exemplo para os jogadores de poker em todos os lugares, acho que posso melhorar MUITO. Posso não ser perfeito, mas posso ser melhor…”

Mesmo com diversas pessoas ainda defendendo essa faceta do personagem Phil Hellmuth, a enorme repercussão negativa parece que ligou um alerta no maior campeão da WSOP de todos os tempos. Será que teremos um jogador mais polido nos próximos torneios ou a primeira bad beat vai reativar o descontrole?

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #22 do Depois do River:

Continue Lendo

Geral

Após polêmica com ações de Hellmuth, André Akkari é contundente e dá lição sobre comportamento e imagem nas mesas

O embaixador brasileiro explicou seu ponto de vista com uma aula sobre como agir

Publicado

em

Postado Por

André Akkari

Um craque não pode ser um craque só no jogo. Quando se está em evidência, todas as ações tomadas por alguma pessoa midiática tomam proporções imensas e acabam provocando reações, sejam elas boas ou ruins. Por isso, é esperado que quem está sob os holofotes faça o possível para ajudar a imagem do esporte em questão.

No poker, um esporte que nem sempre foi bem aceito pelas pessoas e que vive constantemente buscando uma melhor imagem, isso é ainda mais crucial. No entanto, alguns jogadores preferem ter um estilo próprio que foge um pouco do que se espera dos maiores nomes. Phil Hellmuth sempre foi falastrão, mas nesta semana ele passou do ponto.

Jogando a FT do Evento #19 da WSOP, o maior campeão da série mostrou um comportamento totalmente contrário a uma pessoa normal. Ele soltou diversos palavrões, xingou, atacou o dealer, reclamou e chorou em diversos momentos, deixando até constrangidos os outros participantes. É claro que não pegou bem.

LEIA MAIS: Yuri Martins e Bruno Volkmann mantêm domínio brasileiro na ponta do PocketFives

Diversas pessoas, incluindo companheiros de profissão, não concordaram com a atitude do americano e passaram a pedir medidas contra esse tipo de comportamento. Sendo um dos maiores nomes da história, espera-se que Hellmuth seja um bom embaixador do esporte, mas não foi isso que se viu.

Vendo a polêmica, o craque brasileiro André Akkari aproveitou para se manifestar, sem citar o americano. O embaixador do PokerStars e do poker brasileiro deu uma lição sobre como o comportamento na mesa é importante para a imagem do poker, cobrou atitudes e deu uma aula sobre como ser um verdadeiro embaixador:

“Cada vez que você é rude na mesa de poker, você assusta os jogadores recreativos. Chamar as pessoas de ‘idiotas’, chorar em transmissões ao vivo, jogar cartas no dealer é horrível para o jogo! O diretor de torneios tem que puni-lo.”

Antes, Akkari havia feito um tweet de que o “poker precisa de verdadeiros embaixadores”. Ele é um dos melhores nesse quesito, inegavelmente, e sabe que pode falar. Trabalhar em prol do poker sendo um dos maiores deveria ser uma honra. E mesmo que o personagem Hellmuth seja famoso por seu comportamento, há de se tomar cuidado para não exagerar.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #22 do Depois do River:

Continue Lendo

Geral

Dan Bilzerian é desafiado em valores estratosféricos e pode jogar o maior heads-up de todos os tempos

Americano revelou em podcast o desafio com valores gigantescos

Publicado

em

Postado Por

Dan Bilzerian

Uma das figuras mais controversas do poker, Dan Bilzerian, de tempos em tempos, parece tomar holofotes para si. Recentemente, o empresário e jogador lançou uma autobiografia, chamada “The Setup”, e entre outras coisas, contou algumas histórias sobre o poker e de como já ganhou dinheiro jogando.

Além disso, ele participou do Podcast do ator e influencer Logan Paul, e deu mais detalhes sobre parte dos seus ganhos com o jogo. De acordo com Bilzerian, seus maiores lucros foram obtidos em partidas contra um bilionário, o israelense naturalizado americano Alec Gores, dono de uma empresa de tecnologia.

Bilzerian e Gores se enfrentaram por diversas vezes, indo de jogos de cash game com blinds US$ 2.000 / US$ 4.000 até US$ 10.000 / US$ 25.000. Além das partidas, várias vezes ambos apostaram em outras coisas. Em uma delas, eles combinaram de apostar US$ 3.3 milhões cada sobre quem tiraria uma carta maior do baralho. Gores levou a melhor.

Em sua autobiografia, o polêmico jogador conta sobre diversas sessões contra Gores, tendo vencido a maior sessão de sua carreira contra ele quando ganhou em um dia US$ 5.5 milhões. Ao todo, Dan estima que o lucro sobre o rival esteja entre US$ 40 e US$ 50 milhões, mas a revelação desse fato incomodou o empresário do ramo da tecnologia.

LEIA MAIS: Nick Petrangelo enfrenta estrelas e fatura mais de US$ 2 milhões em dois dias com título e vice nos SHR do Aria

Insatisfeito, Alec Gores decidiu fazer uma aposta pra lá de ousada, no que pode se tornar o maior heads-up de todos os tempos. Ele desafiou Dan Bilzerian para um confronto frente a frente, e os valores são estratosféricos: US$ 50 milhões cada, totalizando US$ 100 milhões para quem vencer a disputa.

“Aquele cara, Alec, viu meu podcast e me mandou uma mensagem, eu disse que ganhei dele por cerca de US$ 40-US$ 50 milhões, e ele disse, ‘oh, o número não era tão alto’. E então ele me desafiou duas vezes, então acho que podemos jogar por US$ 100 milhões”, fala Bilzerian.

“Seria o maior jogo de poker já jogado. E a beleza disso é que cala a boca de todo mundo que fala merd*, como eu eu não pudesse ganhar tanto dinheiro no poker”, continua. Os detalhes da partida ainda não foram definidos, mas parece provável que aconteça após o término da WSOP.

Também pode ser possível que a partida, que tende a ser a maior de todos os tempos em valores, possa ser disputada no Aria, diretamente dos Estúdios do PokerGo, televisionada para todos. Será que vai acontecer?

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #22 do Depois do River:

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS