BANNER_MUNDO_Mega_1920x350AF
Banner HUC
290521-n8-June-7,200,000-Giveaways-portugese-1920x350
freeroll_mundo_poker_1920x350 - Copy
Royal Pag
Siga-nos

ONLINE

Profissional de cash game, Allison Lindsay analisa momento especial e revela desafio a grande nome do poker mundial para HU

Head Coach do N2 Poker Team está vivendo o auge da carreira

Publicado

em

Allison Lindsay

Que o Brasil conta com grandes nomes nos principais torneios de poker não é segredo para ninguém. Mas não é só nos MTTs que o país está brilhando. Nas mesas de cash game, o Brasil também está muito bem representado, com o profissional Allison Lindsay sendo um dos nomes que mais vem se destacando recentemente. Além de jogar contra os principais jogadores do mundo, Allison é Head Coach do N2 Poker Team, voltando para o PLO.

É na modalidade que o jogador tem encarado os principais jogadores do field, onde até se arrisca com alguns MTTs. Há pouco tempo, por exemplo, Lindsay bateu Belarmino de Souza no Super High Roller de PLO5 no PPPoker, faturando quase meio milhão de reais. Mesmo não sendo o forte de sua carreira, ele explica como consegue se dar bem: “tenho contato com vários regulares de MTTs e sempre discuto mãos com eles. Já contratei alguns coaches voltados para MTT PLO, mas em tempo bem menor quando comparado ao que invisto no cash”, diz.

Mas, por enquanto, é no PLO que o jogador tem maior destaque. E um dos fatores que o impulsionou foi a explosão dos aplicativos. Neles, além de ser agente e conseguir contato com muitos jogadores de elite, ele conseguiu ampliar sua visão e entender como o ecossistema do poker funciona. Ele transformou esse conhecimento em aprendizado e o transportou para as mesas, onde vai aplicando e conseguindo retorno nas mesas até US$ 25 / US$ 50, valores que podem aumentar de acordo com o momento.

LEIA MAIS: Malandragem de João Carlos e uma decisão cruel para Kovalski: a mão que selou jogo épico no HU Challenge

Disputando potes valiosos, ele tem uma estratégia para encarar a swing de valores: “eu encaro todo o meu dinheiro como se fossem fichas de torneio. Assim, terão momentos que vou perder algumas fichas, mas isso não quer dizer que estou fora. Obviamente, tenho que cuidar para que as fichas não acabem, mas perder fichas aqui ou ali faz parte! Da mesma maneira, não é porque eu ganhei um pote grande em dado momento que devo me vislumbrar”, define.

Na estrada há um longo tempo, Allison fez um comparativo em seu Instagram com uma foto de cinco anos atrás e um atual, mostrando sua evolução nesse tempo. Ele mesmo fala sobre a trajetória para alcançar isso:

“O maior segredo para evoluir é sempre conviver com pessoas melhores que você. Ver as pessoas se dedicarem e evoluírem diariamente vai te programar como aquilo sendo normal e seu inconsciente buscará fazer o mesmo. O contrário também acontece. Se você convive com pessoas que se distraem muito fácil, você vai achar normal se distrair, sair, sacrificar sua carreira profissional em virtude de um prazer momentâneo. Então, conviver com esses top players, diariamente, me fizeram ter disciplina, dedicação e ser bem esforçado.

Confiante com tudo que já viveu e com o momento em que se encontra, Allison acredita estar preparado para enfrentar a qualquer jogador no PLO5. Niklas Astedt, o “Lena900″ é um dos que estiveram em sua mira: ele é um jogador extraordinário, mas não é um top pro em Omaha 5 cartas. Praticar todos os dias o mesmo jogo, infinitos spots, várias horas, treinando o inconsciente para tomar decisões por você é extremamente subestimado, porém é muito importante. Como Lena900 joga outra modalidade, acaba faltando isso e eu ganho edge nessa parte. Estudar é essencial, mas estar jogando constantemente é importante demais”, explica.

E mostrando que não são só palavras, Allison Lindsay revelou que ontem (09), ele convidou Sami Kelopuro, o atual número 2 do mundo do PocketFives, para um desafio de heads-up com determinado período de duração com blinds US$ 25/ US$ 50. A oferta não foi pra frente inicialmente, visto que o finlandês queria que o jogo fosse mais caro, o que foi recusado pelo brasileiro. Ainda assim, é possível que haja possibilidade de outros regulares toparem algo similar num futuro próximo.

LEIA MAIS: Allison Lindsay quebra AA com AA e ganha pote de US$ 40 mil em cash game de PLO5

Consolidado nesse cenário, o Head Coach do N2 ainda se motiva: “estou bem empolgado com a competição em alto nível. Jogar contra “Jnandez”, “Odd_Oddsen”, dentre tantas outras lendas que, quando eu comecei a jogar pareciam tão distantes, é uma satisfação enorme para mim. No entanto, existem players como Grazvydas Kontautas que estão em outro patamar em PLO e me inspiram muito a progredir cada vez mais”, conta.

E ele segue: “além disso, tenho vontade de aprimorar outras modalidades de poker, inspirado principalmente pelo próprio Sami Kelopuro, que se dá bem tanto no cash como nos MTTs”. Fora das mesas, o jogador também sonha em conseguir ajudar a impulsionar a comunidade do poker: “gostaria também de estar difundindo um pouco mais a profissão de jogador de poker e contribuir para ainda mais para mais e mais jogadores entrarem nesse ramo”, finaliza.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!


Confira o episódio #07 do Depois do River:

ONLINE

Tauan Naves vai ao pódio em dois torneios do PokerStars; Matheus Schell é campeão do Bounty Builder $109

Outros jogadores conquistaram bons resultados na sessão dessa sexta-feira (17)

Publicado

em

Postado Por

Tauan Naves e Matheus Schell

Nessa sexta-feira (18), os jogadores brasileiros aproveitaram o dia para faturar e deram as caras em várias mesas finais nos principais torneios oferecidos pelo PokerStars. Com boas performances, eles obtiveram grandes quantias conquistadas.

Começando por Tauan Naves, o “kylix42”, sócio e instrutor do Like A Boss Poker Team, que conseguiu dois pódios. Primeiro, no $530 Bounty Builder HR, ele foi medalha de bronze após enfrentar 112 oponentes. O resultado lhe garantiu US$ 6.165.

LEIA MAIS: Você sabia? No WCOOP de 2012, russo se classificou para o Main Event através de satélite FPP, conquistou o torneio e levou uma forra milionária

Depois, Tauan se registrou no $215 Fast Friday, torneio que tem estrutura turbo e registrou 95 entradas. O profissional teve uma ótima performance e foi medalha de prata. Pelo vice, Tauan levou mais US$ 3.376. Ao todo, ele teve um rendimento de US$ 9.541.

Quem também fez bonito foi o jogador Matheus Schell, o “@tetaschell”, do Full Poker Team, que acabou conseguindo uma grande cravada. O grinder despachou 618 adversários no Bounty Builder $109 e faturou a bagatela de US$ 8.438.

No Bounty Builder $162, a vitória foi do jogador que comanda a conta “DFD1909”. Ele derrotou um field de 249 jogadores e recebeu US$ 8.403. Por fim, no Bounty Builder $55, que teve 950 jogadores, Camila Kons “|_CáKons_|” foi a campeã e embolsou US$ 6.574.

Confira outros resultados dessa sexta-feira: 

Evento Jogador Colocação Prêmio
Bounty Builder $33 Cezar Neto “cezinhaaaaaa” US$ 6.520
$530 Daily Supersonic “grigson1955” US$ 6.179
Bounty Builder $11 “nillolok” US$ 5.334
Bounty Builder $215 Breno Drumond “Breno2728” US$ 4.571
Hot $109 “obina9” US$ 4.195
Bounty Builder $11 “FelipeB.foz” US$ 3.323
Hot $215 João Belotti “acesdesigner” US$ 3.142

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #08 do Depois do River:

Continue Lendo

ONLINE

“Maicen” dá show e conquista dois torneios no Natural8; Tauan Naves faz duas mesas finais

Outros jogadores tiveram sucesso na sessão dessa sexta-feira (18)

Publicado

em

Postado Por

Tauan Naves

A sexta-feira (18) foi bastante produtiva para vários jogadores brasileiros que resolveram engatar nos principais torneios oferecidos pela grade do Natural8. Com diversos resultados positivos, eles adicionaram quantias significativas aos seus bankrolls.

O brasileiro que comanda a conta “Maicen”, deu um verdadeiro show e conquistou dois torneios. Primeiro, no Daily Special $88, ele atropelou 332 oponentes e embolsou a bagatela de US$ 5.502. Já no Bounty Hunters Special $84, que teve 282 inscritos, “Maicen” também foi o campeão e faturou US$ 4.354. Somados os prêmios, ele ganhou US$ 9.856.

LEIA MAIS:Com top full house, Jordan Banfield sente cheiro de straight flush após all in de rival e confirma feeling apurado

Chegou a hora de disputar os grandes torneios do online! Crie sua conta no Natural8 e ganhe um bônus no primeiro depósito

Quem também aproveitou o dia foi o profissional Henrique Coutinho. Jogando o Bounty Hunters HR $525, que teve 160 inscritos, dois brasileiros alcançaram a mesa final. A melhor colocação foi dele, o “RoosterCrazy” terminou em terceiro e recebeu US$ 6.686.

Presente na mesma mesa final que Henrique, Tauan Naves acumulou dois grandes resultados. Primeiro, ele foi sétimo no torneio e levou US$ 3.645 pela performance. Depois, no Daily Main Event $250, ele foi vice-campeão entre os 151 inscritos e faturou US$ 5.692. Somados os prêmios, Tauan adicionou ao todo US$ 9.337 no seu bankroll.

Confira mais resultados dessa sexta-feira:

Evento Jogador Colocação Prêmio
Bounty Hunters Daily Main $52.50 “Sus Amigos” US$ 7.014
Bounty King Jr $31.50 ” Riverplay” US$ 4.676
High Rollers After Hours $525 Eduardo Pires US$ 4.105
Bounty King $315 Hermogenes Gelonezi ” VORAZ 74″ US$ 3.744
GGMasters Daily $25 “Mathecf” US$ 3.617
GGMasters Bounty $25 “IoveIy” US$ 3.409
Daily Special $55 Jonathan Rosa ” GOAT7″ US$ 3.307
GGMasters Double Stack $25 Luana Stadykoski “GaiaLu” US$ 3.306
Bounty Hunters Daily Main $52.50 “ChiquiArce” US$ 3.219
Bounty Hunters Special $105 “grnetys0o” US$ 3.020

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #08:

 

Continue Lendo

ONLINE

Com top full house, Jordan Banfield sente cheiro de straight flush após all in de rival e confirma feeling apurado

O cooler que o streamer se envolveu foi de assustar

Publicado

em

Postado Por

Você já deve ter visto todos os tipos de cooler possíveis, mas vira e mexe alguns são bem impressionantes até pela forma que a mão foi jogada. O torneio envolvido e o momento exato da mão, ainda sem contar os personagens em questão, podem dar uma relevância maior para qualquer parada.

No caso de Jordan Banfield nada disso importa. Apenas a mão. O streamer se envolveu em um cooler realmente “raiz”. Ele estava jogando o torneio The Centurion com buy-in de US$ 109, um dos tradicionais da grade regular do partypoker. Já era reta final quando aconteceu, pois sobravam 29 jogadores no field.

Banfield era o 4º colocado em fichas. O board mostrava . Ele segurava e parecia que tinha tudo sob controle para puxar boas fichas. No river, o pote contava com 14,6 big blinds e o adversário “Pokerbrahs” apostou 7,3 blinds. Jordan não precisou pensar muito para dar um raise para 28 big blinds.

LEIA MAIS: Cavalito analisa novo erro de ICM de Sam Greenwood e crê em modelo diferente: “talvez sabe alguma coisa que a gente não sabe”

Só que a ação menos esperada veio: o adversário anunciou all in com as 68,3 big blinds que tinha para trás. Muitos jogadores até dariam instacall, mas a reação do streamer foi de desespero. Ele soltou logo: “merda, ele tem ”. Ele ficou pensando um pouco em silêncio e voltou a dizer: “meu Deus, ele tem straight flush?”. E repetiu várias vezes que não tinha como foldar.

Realmente, era muito difícil largar e o streamer acabou eventualmente dando o call. E não é que o feeling estava certo? “Pokerbrahs” realmente tinha o straight flush. Que parada!

Confira essa mão insana:

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #07:

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS