Slider
Siga-nos

ONLINE

Algoz de Pedro Garagnani, Lev Gottlieb teve terça-feira espetacular com dois títulos impressionantes na GGSF

Conquistas chegaram a quase US$ 1 milhão

Publicado

em

Um dia de trabalho de uma pessoa comum é, geralmente, apenas mais um dia de trabalho, que não deve alterar muito o rumo da sua vida. Quando se é jogador de poker, no entanto, um simples dia de trabalho pode mudar as coisas da água pro vinho de uma hora pra outra. Quem vive do esporte sempre está atento a essa possibilidade, mas o jogador Lev Gottlieb vivenciou isso nessa terça-feira (06).

Profissional do esporte, o americano, que joga sob a bandeira do México no GGPoker, teve uma sessão daquelas de se guardar na memória pra sempre. O dono do nick “LevMeAlone” conseguiu dois feitos impressionantes, conquistando títulos impressionantes em sequência na Spring Festival e deixando uma marca histórica.

O primeiro dos troféus veio no US$ 10.300 Super MILLION$. Classificado como chip leader para a mesa final da competição, Lev não passou por muitos sustos durante a decisão, mas chegou ao heads-up contra o brasileiro Pedro Garagnani em desvantagem. Sem se abalar, ele conseguiu uma boa virada.

LEIA MAIS: Em bolha de FT da GGSF, Kelvin Kerber põe pressão, coloca mesa toda em all in com mão especulativa e se dá mal

Além da Spring Festival, o GGPoker está com uma oferta incrível de torneios para todos os bolsos! Clique aqui para criar a sua conta e buscar a glória

O americano superou o profissional do 9Tales, deixando o brasileiro com sua maior premiação da carreira, com US$ 451.298. O título e a forra maior, por outro lado, foram para Gottlieb. A virada no heads-up premiu o jogador com o sensacional prêmio de US$ 589.020.

Se o valor já deixaria a qualquer pessoa do mundo satisfeita, imagine se você conseguisse ganhar ainda mais. O “LevMeAlone” estava também presente na mesa final do Evento 15-H da GGSF, outro de US$ 10.300, no meio de outros grandes jogadores. A mesa final tinha nomes como João Vieira, vice-campeão, Timothy Adams e David Peters.

Sem se importar com a qualidade dos rivais e no embalo pelo prêmio gigantesco, Lev mais uma vez deu show. O profissional foi novamente campeão, mais uma vez revertendo desvantagem, e embolsou mais US$ 320.729 para a sua conta. Somadas as premiações dos feitos históricos, Lev Gottlieb faturou incríveis US$ 909.809. Nada mal para um dia de trabalho, não?

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTV Cast #002 com Léo Mattos:

ONLINE

João Simão, Gustavo Mastelotto e Ramon Sorgatto avançam para o Dia Final do Evento #37-H do SCOOP

Os brasileiros seguem na disputa do torneio que vai pagar um grande prêmio

Publicado

em

Postado Por

João Simão, Gustavo Mastelotto e Ramon Sorgatto

Nessa terça-feira (13), o Brasil foi muito bem representado no Evento #37-H [6-Max, Progressive KO], que teve 403 jogadores de alto escalão pagando os US$ 2.100 de entrada, que gerou um prizepool total de US$ 806.000. Após horas de disputa, o field se reduziu a apenas 20 jogadores, sendo três representantes da bandeira verde e amarela.

O mineiro João Simão é quem possui a maior quantidade de fichas acumuladas entre os três brasileiros. O “IneedMassari” acumulou um belo stack de 2.648.872 fichas, cerca de 132 big blinds, sendo o quarto colocado na classificação geral.

Já Gustavo Mastelotto, do 9Tales, vem logo atrás com o quinto maior stack entre os sobreviventes com cerca de 2.618.023 fichas. O “22ehnutzz” terá um stack de 130 blinds, e terá muita tranquilidade para fazer seu jogo nessa reta final de torneio.

LEIA MAIS: Eike Onodera é campeão Evento #33-L do SCOOP e fatura segundo prêmio de seis dígitos em três meses

A situação não é tão boa para Ramon Sorgatto, que passou com o décimo nono stack. O “ZéDoBlefe11” terá um stack de 524.220 fichas para pilotar, cerca de 26 big blinds, e terá que uma tarefa árdua para conseguir reverter a situação, algo que não é impossível.

O chip leader do torneio é o jogador de Malta “I’MalliN.3lli”, que conseguiu acumular um total de 7.608.933 fichas. Outros nomes conhecidos também continuam no field, como o Team PokerStars Pro, Lex Veldhuis (2.273.250), Jonah Silverstein “RaiseUpBlind” (1.096.552) e Péter Traply “Belabacsi” (825.905).

O torneio será retomado as 14h05 dessa terça-feira (13), com os blinds em 10.000 / 20.000. Os grinders irão brigar pelo prêmio de US$ 62.574, além dos bounties já coletados durante todo o torneio, até o momento eles já garantiram um valor de US$ 3.746.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTv Cast #003 com Vini Marques:

 

Continue Lendo

ONLINE

Dennys Ramos dá mais um show, crava o Bounty Builder High Roller do PokerStars e embolsa belo prêmio

O jogador paulista é um dos grandes destaques do poker brasileiro em 2021

Publicado

em

Postado Por

A atenção geral está para as grandes séries que estão rolando no poker online: SCOOP, GG Spring Festival e Powerfest. Mas a grade desses sites também segue oferecendo bons eventos por fora e tem gente aproveitando bastante. Dennys Ramos não deixou passar a chance de jogar o tradicional Bounty Builder High Roller US$ 530 do PS e fez a festa.

Voando baixo em 2021 e empilhando resultados sensacionais em sequência, Dennys fez bonito para soltar o grito de campeão no torneio e embolsou a forra de US$ 79.817. Com o tráfego de jogadores em alta, o torneio registrou um field dos bons com 1.276  entradas e fez o garantido de US$ 500.000 explodir.

LEIA MAIS: SCOOP: Bruno Porto dá dois check-raise em pote contra Marlon Wilhelms e dobra na reta final do Sunday Million

Dennys teve a companhia de Guilherme Carmo, do Samba Team, na mesa final. O “Guizãoo_” caiu na sexta colocação e saiu dos feltros virtuais com mais US$ 7.254. Dennys cresceu gradativamente o stack na decisão e passou por cima de uma FT que contou com nomes como “RickyMorty10” e o craque finlandês Tomi Brouk, o “elmerixx”.

O “dennysramos2” chegou no heads-up com uma bela vantagem para o experiente dominicano Francis Cruz, o “NoHayMiedo”, dono de um bom currículo. Parecia que o heads-up seria favas contadas, mas o rival endureceu o jogo e chegou a encostar na contagem. Quando conseguiu, foi de limp / all in com 22 e bateu na porta contra o 88 de Dennys. O board 6AJ3T garantiu a forra do brasileiro.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTv Cast #003 com Vini Marques:

Continue Lendo

ONLINE

Eike Onodera é campeão Evento #33-L do SCOOP e fatura segundo prêmio de seis dígitos em três meses

O “Mr. Havener” do online gosta de decisão das grandes no poker online

Publicado

em

Postado Por

O poker brasileiro parece estar revelando mais um grande jogador para o futuro. O nome dele é Eike Onodera, mais popularmente conhecido como “Mr. Havener”. O jovem paulista apareceu como um raio no mês de janeiro e nesta segunda-feira mostrou que não será apenas um jogador de um resultado único.

Ele foi o grande campeão do Evento #33-L (US$ 55 Mini Sunday Million SE) do SCOOP ao superar o field insano de 21.531 entrada. Além de escrever o nome na série do PokerStars, o jovem garantiu uma forra sensacional de US$ 110.781. Esse foi o segundo hit dele de seis dígitos em menos de três meses.

Pra quem não lembra, Eike escreveu uma bela história no começo do ano ao ficar na 6ª colocação do Big Blowout de US$ 1.050 e faturar uma forra gigante de US$ 176.360 vindo de um satélite de US$ 109. Se continuar com esse ritmo, o “Mr. Havener” pode ser o eventual sucessor de Belarmino de Souza no Mundo Poker Awards na categoria Revelação do Ano.

LEIA MAIS: Investimento de apenas US$ 24 em norueguês desconhecido poderia virar forra absurda no GGPoker; entenda

Eike deu show na mesa final e assumiu a liderança ainda no início dela. Depois que tomou a ponta, ficou difícil de parar o jovem. Ele foi somando fichas e não deu brecha pra ninguém alcançar ele. O heads-up foi formado contra o finlandês “Ceff98”. O jogo estava bastante deep e o brasileiro precisou de paciência para tomar as fichas do rival.

Até porque o finlandês fez jogo duro e conseguiu virar o confronto, abrindo uma vantagem de cerca de 3 para 1. Mas Eike não deu por vencido. Com uma bad beat de A2 contra A7, conseguiu tomar a ponta novamente. Um outro pote que o rival freou no river fez a diferença ficar enorme. “Ceff98” ainda dobrou duas vezes, mas na terceira, de J8 contra KQ, um J no turn deu o título para o jovem brasileiro.

Confira como foi:

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTv Cast #003 com Vini Marques:

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS