Banner Cash Game
260221_N8_SuperMillionWeekMainBanner_portugese-1920x350
WhatsAppImage2021-11-18at124217
1920x35011
01
Royal Pag

Geral

JC Tran fatura bounty de seis dígitos no Mistery Bounty do Wynn Poker e leva susto na revelação; assista

Torneio virou uma febre entre os jogadores em Las Vegas

Publicado

em

JC Tran

Um dos maiores sucessos recentes em torneios pelo mundo foi a criação do Mistery Bounty pelo cassino Wynn Poker. Basicamente, o torneio tem o mesmo padrão de um evento no formato Progressivo Knockout. A diferença está na forma como coletar os bounties. É tudo na base da surpresa, pois os valores são escolhidos na sorte.

No Dia 1 os bounties são no valor de US$ 100. É no Dia 2 que a mágica acontece. Todos os classificados estão com o tal do bounty misterioso. O jogador vai coletando eliminações e, quando quer, vai até uma urna gigantesca trocar os bounties por envelopes de acordo com quantos jogadores derrubou. Na última edição, os prêmios estavam randomizados entre US$ 500 e US$ 100.000.

LEIA MAIS: Paulo Joanello tem arrancada histórica na mesa final, vence heads-up dificílimo e conquista o Evento #77 da WSOP

Eram apenas três bounties de seis dígitos em jogo e um deles foi parar nas mãos de um jogador bastante conhecido do cenário americano: o regular JC Tran, dono de US$ 13 milhões em ganhos, dois braceletes da WSOP e quinto colocado no Main Event de 2013. O craque foi filmado na hora de revelar um de seus envelopes e protagonizou uma cena divertida.

Tran percorreu o resultado lentamente revelando os números aos poucos. Em algum momento que estava deslizando, ele já havia realizado que tinha garantido pelo menos US$ 10.000, já comemorando. Quando terminou o ato, ele levou um enorme susto ao perceber que ganhou uma das forras de US$ 100.000, comemorando bastante.

Confira como foi:

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Geral

Em jogada complicada, Johan Guilbert pensa por mais de 17 minutos e tem decisão forçada no ME da WSOP Europa

Francês viu o floor ser acionado e mesmo assim não conseguiu se decidir

Publicado

em

Postado Por

Johan Guilbert

A WSOP seguiu seu cronograma e, após finalizar sua edição principal em Las Vegas, seguiu para a Europa para dar continuidade a seus eventos. Por lá, já perto do desfecho, o Main Event tem tomado as atenções e, nesta terça-feira, uma das jogadas roubou os holofotes.

O protagonista foi o francês Johan Guilbert, um dos bons nomes entre os jogadores de poker do país e que teve bons resultados em diversos torneios high stakes no ano de 2021. Ele, inclusive, é um dos sete integrantes da mesa final do Main Event da WSOP por lá.

Mas foi uma mão jogada por ele que despertou curiosidade em todos. A ação aconteceu quando restavam 22 jogadores no torneio. Nos blinds 30.000 / 60.000, o jogador Brian Kamphorst subiu pré-flop e foi pago por Guilbert. O flop trouxe e, depois de check do rival, o francês apostou 125.000 fichas.

LEIA MAIS: Vice do Main Event da WSOP, George Holmes volta às origens em home game, mas novo status não o livra de falinhas dos amigos

Ele foi pago e ambos viram o turn mostrar um . Guilbert seguiu e apostou mais 325.000, vendo mais uma vez Kamphorst optar por dar call. No river, um completou o board e foi aí que a ação começou a mudar. Johan foi para a terceira aposta, agora de 1.075.000.

Kamphorst pensou por aproximadamente dois minutos e respondeu com um check-raise de 2.645.000, o seu all in. Johan Guilbert tinha uma complicada decisão e começou a pensar. Porém, ele não conseguia encontrar o desfecho perfeito. Ele ficou pensando por um longo tempo, enquanto outros jogadores já saíam para o intervalo.

Depois de mais de 17 minutos, um dos jogadores da mesa voltou e Guilbert seguia pensando, sem tomar sua decisão. Narcis Nedelcu, que havia retornado, então decidiu acionar o floor para obrigar o francês a decidir. Na chegada do responsável, o relógio de 30 segundos foi colocado para Guilbert dizer se pagaria ou não.

Mas nem mesmo isso foi suficiente para o jogador. Esgotado o tempo, ele não conseguiu anunciar sua decisão e teve o fold forçado declarado pelo floor. Kamphorst levou a mão e Johan Guilbert não revelou o que tinha. Já viu alguma coisa assim?

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Continue Lendo

Geral

Baseado em experiência própria, Patrick Leonard faz lista com 5 atitudes para evitar em um período ruim no poker

Jogador britânico é um dos nomes mais respeitados do poker mundial

Publicado

em

Postado Por

Patrick Leonard

A vida de um jogador de poker é quase sempre composta de altos e baixos. Mesmo os jogadores de maior regularidade acabam sofrendo, em determinado período, com um mau momento, uma downswing ou uma fase onde a confiança fica abalada por diversos motivos.

Experiente no jogo e com sucesso tanto ao vivo quanto no online, o britânico Patrick Leonard falou um pouco sobre isso em suas redes sociais. O craque, que acabou de ingressar no Top 10 do PocketFives, usou sua experiência para tirar algumas conclusões.

LEIA MAIS: GGPoker distribui cinco Bad Beat Jackpots em 24 horas, brasileiro forra e jogador iluminado ganha duas vezes

Ele resolveu compartilhá-las com todos, visando, talvez, ajudar a alguns novos jogadores  de poker a evitar tomar esse tipo de atitude quando estiver em uma fase ruim. Para isso, ele fez uma lista com cinco ações para procurar fugir nesses momentos, ou seja, para NÃO fazer:

Confira:

“5 características que eu vi em mim mesmo e em outras pessoas quando estou perdendo / em um downswing / não jogando bem”

1 – Começar a imitar os melhores estilos dos jogadores de poker e se tornar versões ruins de outros, em vez das melhores versões de si mesmos

2 – Agressividade pequena e consistente substituída por passividade loose/tight

3 – Entediado, rotinas de jogo mental pré / pós-jogo ser mínimas ou inexistentes

4 – (Ficar) preocupado com críticas / opiniões externas e dúvidas sobre si mesmo, muitas vezes por falta de estudo / competência. Não saber se está jogando bem

5 – Não lutar para salvar as sessões perdedoras. As últimas 3 telas são as mais importantes.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Continue Lendo

Geral

Um ano após jogadora conquistar direito a HU, Dan Bilzerian é ironizado e chamado de covarde por fuga do duelo

Sempre polêmico, o empresário teve mais um fato adicionado a sua lista

Publicado

em

Postado Por

Dan Bilzerian

Há um ano, no dia 07/12/2020, a jogadora Alex O’Brien ganhava um torneio diferente nas mesas da GGPoker. Era um freeroll em comemoração pela entrada de Dan Bilzerian como embaixador do site, junto com uma “festa” por seu 40º aniversário naquela ocasião.

A jogadora de Londres ganhou a competição e saiu com um prêmio de US$ 10 mil, mas tinha algumas premiações extras em jogo. A maior delas era um outro prêmio de US$ 3 mil, que serviria como buy-in para um heads-up contra o novo embaixador da GGPoker, repleto de mídia.

Mas, ontem, exatamente um anos após o feito, Alex O’Brien revelou por meio das redes sociais que isso nunca aconteceu. Ela ironizou o fato usando um tweet antigo da empresa, perguntando se deveria comemorar um novo aniversário pelo tempo passado sem a realização do duelo.

LEIA MAIS: GGPoker distribui cinco Bad Beat Jackpots em 24 horas, brasileiro forra e jogador iluminado ganha duas vezes

Quando questionada por uma de suas seguidoras sobre o resultado do confronto entre ambos, ela resumiu: “não conseguimos jogar”. E isso fez uma nova onda de comentários surgir. A GGPoker foi alvo, já que era a promotora do evento, perguntando se havia pelo menos compensado a jogadora financeiramente.

No entanto, em outra das respostas, Alex O’Brien deixou a entender que o motivo era outro:

“@GGPoker vai te compensar @obrientweet? Eles fizeram uma promessa.”

“Isso nunca foi por dinheiro.”

E aí foi o ápice. Até David Lappin, produtor de conteúdo e jogador de poker, resolveu se manifestar. Ele chamou Bilzerian de covarde, já que o empresário não apareceu e não deu satisfação sobre o duelo combinado. Seria medo de perder o heads-up?

As polêmicas em torno do jogador parecem não ter fim.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS