Slider
Siga-nos

ONLINE

Rui Ferreira atola 43 big blinds com 78s pra isolar rival em caça por bounty e perde pote insano em 5-handed da GGSF

O português colocou o irlandês “FutureofMe” no limite com shove gigante

Publicado

em

Rui Ferreira

O Evento #09-M da GG Spring Festival trouxe diversas emoções e foi um prato cheio para análises. O torneio teve Gustavo Mastelotto forrando no terceiro lugar, shove com J8 que atrapalhou Kelvin Kerber na bolha da FT e uma jogada pra lá de insana do português Rui Ferreira. O craque teve coragem até demais em um spot no 5-handed.

A jogada foi nos blinds 175.000 / 350.000. O argentino Ramiro Petrone foi all in com 1.258.046, menos de quatro big blinds. Ele tinha um bounty na casa dos US$ 3.000 e o irlandês “FutureofMe”, com , deu raise 2.975.000 (8,5 blinds) para não deixar ninguém se intrometer. O problema foi que Rui Ferreira não quis nem saber…

LEIA MAIS: GGSF: Renan Bruschi atropela a concorrência, crava o Evento #09-H e embolsa forra insana; Volkmann é o 4º

Além da Spring Festival, o GGPoker está com uma oferta incrível de torneios para todos os bolsos! Clique aqui para criar a sua conta e buscar a glória

Com um pouco mais de fichas no total, Ferreira fechou o olho e foi all in com de 20.155.055. Mastelotto e “Ele-veN” foldaram e a ação voltou para o irlandês que tinha o segundo maior stack da mesa com 15.317.818. Ele pensou por um tempinho e decidiu pagar, provavelmente sabendo que o português poderia shovar um range muito amplo.

A situação não poderia ser melhor, pois estava dominando completamente Ferreira. O board foi e custou muito caro para ele, que sobrou com apenas cinco big blinds. A sorte foi que ele runnou muito bem depois disso e conseguiu voltar rapidamente para um stack confortável. No fim das contas, Rui foi vice-campeão e embolsou US$ 35.945. “FutureofMe” aproveitou as fichas desse spot e cravou para US$ 76.529.

Confira:

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTV Cast #002 com Leo Mattos:

ONLINE

Depois de traves na semana, Luan Leonel vira heads-up e é campeão do Evento #60-H do SCOOP

O “Pseudo Fruto” conquistou mais um prêmio dos bons no online

Publicado

em

Postado Por

O Evento #60 do SCOOP teve um formato bastante interessante. Era um torneio disputado 4-Max no modelo KO Progressivo. Com apenas quatro jogadores na mesa, o torneio é um bom prato para jogadores mais agressivos, com boa leitura e coragem para passar blefes e dar hero calls. O campeão da versão High tem tudo isso no seu repertório.

Estamos falando de Luan Leonel, o “Pseudo Fruto”. O craque do Cardroom não quis saber da concorrência de 249 entradas do torneio de US$ 1.050 e só parou quando soltou o grito de campeão. Luan deu show no torneio, conseguiu uma bela recuperação e embolsou o prêmio de US$ 41.693.

Luan estava chegando perto de conquistar um título no SCOOP. Na última quinta-feira, o profissional tinha anotado duas mesas finais no mesmo dia. Agora, a cravada não escapou. A reta final do torneio teve nomes Lex Veldhuis, Conor Beresford e Maksim Mamanov. Na mesa final, Luan enfrentou bons regulares.

LEIA MAIS: Renan Bruschi vibra com primeira semana arrasadora nas séries e vê edge nos torneios mais caros: “consigo explorar”

Um deles foi Ognyan Dimov, o “cocojamb0”, eliminado na terceira colocação. O búlgaro teve como algoz o britânico “SonOfBadger”, que chegou no heads-up com vantagem de quase 2 para 1 para Luan. Mas o “PseudoFruto” não demorou para igualar o confronto e tomar a dianteira, até que uma tentativa de blefe do britânico encerrou o confronto.

Luan abriu mini-raise de 320.000 fichas e viu o rival aumentar para 1.000.000. O brasileiro pagou com e o flop trouxe . “SonOfBadger” c-betou 860.000 e Luan pagou. A situação se repetiu no turn , com o britânico dando uma bomba de 2.960.000 fichas. Desconfiado, o “Pseudo Fruto” pagou e viu o river dos sonhos com , acertando uma sequência.

“SonOfBadger” foi para o último barril indo all in de 6.855.023 e tomou instacall de Luan. Era um blefe de do britânico.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTv Cast #003 com Vini Marques:

Continue Lendo

ONLINE

GGSF: João Simão é vice-campeão de evento de US$ 10K de PLO após batalha na mesa final

O mineiro somou mais um grande prêmio no mês das séries online

Publicado

em

Postado Por

João Simão segue impecável no mês de abril. Depois de grandes resultados durante a semana, como o tetracampeonato no SCOOP e uma forra gigante na Spring Festival, o mineiro não deixou de engatar nos torneios deste sábado e anotou mais um baita resultado na série do GGPoker. Foi no Omaha, uma das especialidades do mineiro.

Simão engatou no Evento #68-H que era o carro-chefe do dia. O torneio tinha buy-in de US$ 10.300 e foi jogado no formato Progressivo KO. Foram 71 entradas no torneio e o craque terminou com o vice-campeonato. A medalha de prata rendeu o prêmio de US$ 78.802 para Simão, que disputou uma mesa final muito disputada.

LEIA MAIS: Renan Bruschi vibra com primeira semana arrasadora nas séries e vê edge nos torneios mais caros: “consigo explorar”

Depois de formada, a FT levou horas para terminar. Foi um grande teste de paciência para o mineiro, que viu nomes como Dario Alioto, Konstantin Maslak, Eelis Pärssinen, Isaac Haxton e Joni Jouhkimainen serem eliminados na primeira parte da FT. A decisão travou realmente quando o 4-handed foi formado.

Simão disputava o topo com Ronny Kaiser, Lauri Varonen e Sami Kelopuro. A troca de fichas entre os jogadores foi constante e demorou mais de uma hora e meia para Kaiser cair na quarta colocação. O 3-handed continuou lento, mas finalmente Kelopuro derrubou Varonen para enfrentar o mineiro. A diferença era grande e Simão não conseguiu reverter. O finlandês embolsou US$ 189.185 pela cravada.

Confira o MundoTv Cast #003 com Vini Marques:

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Continue Lendo

ONLINE

SCOOP: Felipe Ketzer faz mesa final do Evento #53-M e Jonathan Rosa fica com o bronze na versão Low

Os dois jogadores gaúchos brilharam na série do PokerStars

Publicado

em

Postado Por

Felipe Kezter e Jonathan Rosa

Dois bons eventos do SCOOP que foram paralisados na última quinta-feira foram retomados neste sábado com vários brasileiros na disputa. Era o Evento #53, batizado como versões especiais do tradicional Thrusday Thrill (KO Progressivo, Freezeout). O Brasil contou com finalistas nas versões Medium e Low e levaram bons prêmios.

Na Medium, com buy-in de US$ 1.050, quem representou foi Felipe Ketzer. O “ketzerfelipe” atravessou o field de 1.178 jogadores e terminou com uma honrosa sexta colocação. A trajetória de destaque do gaúcho valeu uma recompensa de US$ 25.168, mais um prêmio de cinco dígitos para a coleção do profissional.

LEIA MAIS: Dominando a mão, João Simão vê Daniel Dvoress trincar, encontra runner runner salvador e decola para prêmio de seis dígitos

Ketzer tinha 12 big blinds na mão da queda. Ele defendeu o big blind após raise de “FiatEruditio” e o flop trouxe T99. Depois dele dar check, o adversário já colocou o brasileiro em all in com as 10 blinds que ficaram para trás e ele deu call. O russo tinha AK e foi buscar um A para passar à frente. O river terminou com um 6 que decretou a queda de Felipe.

O finalista da versão Low foi Jonathan Rosa, o “JonzStars”. Nem uma semana depois de seu primeiro título na série, ele emplacou mais uma mesa final e terminou com o terceiro lugar. O torneio teve buy-in de US$ 109 e um field enorme com 6.639 jogadores. A jornada de Jonathan valeu um prêmio de US$ 25.964 e ratificou a grande fase do também gaúcho.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTv Cast #003 com Vini Marques:

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS