Slider
Siga-nos

ONLINE

Campeão do Five Million, Guillaume Nolet viu carreira decolar após MicroMillions e hit de sete dígitos dois meses depois

A vida do jogador canadense mudou drasticamente após duas runnadas

Publicado

em

Guillaume Nolet (crédito: Poker Central)

O canadense Guillaume Nolet é um dos casos que todo mundo que está começando um caminho no poker sonha em atingir. Ele criou a conta no PokerStars em 2009 e o gráfico dele, de acordo com o SharkScope, andou praticamente de lado com uma pequena margem negativa até o ano de 2014. Provavelmente, ele não passava de um jogador recreativo até este período momento.

Em novembro de 2014, ele conseguiu um bom resultado no live que rendeu cerca de US$ 80.000. Em contrapartida, seu gráfico no online foi virando um prejuízo grande que atingiu a marca de US$ 16.000 no final julho de 2015. De repente, a série MicroMillions do PokerStars deu um impulso inimaginável na carreira de Nolet.

O canadense investiu US$ 22 no Main Event do MicroMillions e conseguiu a glória ao terminar como o grande campeão. Ele bateu o field insano de 55.524 entradas e levou a bagatela de US$ 89.854 com direito a um acordo no 5-handed no dia 26 de julho. Preste atenção na data.

LEIA MAIS: Patrick Leonard passa por situação curiosa sobre cavalagem, expõe publicamente e gera debate entre jogadores

Dois meses depois, veio a epopeia do canadense. Confiante e sem medo de ser feliz, o “Nolet20” engatou logo no Main Event do WCOOP no final de setembro. Ele deu o buy-in direto de US$ 5.200 do torneio para enfrentar a nata do poker online. A jornada não poderia ter sido mais incrível. Guillaume passeou pelo field de 1.995 entradas e caminhou até o 4-handed do evento.

Neste momento, acertou um acordo milionário com os jogadores “Coenaldinho7”, “AlwaysiNduCe” e “beertjes79”. A forra definida para o canadense foi de incríveis US$ 1.223.000, um hit insano de sete dígitos. O canadense acabou sendo eliminado com a medalha de bronze depois do acordo concretizado.

Em apenas dois meses, ele saiu de um ferro de US$ 16.000 no PokerStars para uma marca assombra de quase US$ 1,3 milhão. Depois disso, a carreira de Guillaume finalmente decolou e ele passou a conquistar resultados com frequência no poker ao vivo também, onde tem mais de US$ 1,5 milhões em ganhos.

Figurinha carimbada nos grandes torneios do GGPoker, Nolet voltou a sentir a emoção de conquistar outro prêmio de sete dígitos ontem (05). Ele foi o grande campeão do Sunday Five Million da GG Spring Festival, com buy-in de US$ 25.500, e embolsou mais US$ 1.090.343 para o bankroll.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTV Cast #002 com Leo Mattos:

ONLINE

Depois de traves na semana, Luan Leonel vira heads-up e é campeão do Evento #60-H do SCOOP

O “Pseudo Fruto” conquistou mais um prêmio dos bons no online

Publicado

em

Postado Por

O Evento #60 do SCOOP teve um formato bastante interessante. Era um torneio disputado 4-Max no modelo KO Progressivo. Com apenas quatro jogadores na mesa, o torneio é um bom prato para jogadores mais agressivos, com boa leitura e coragem para passar blefes e dar hero calls. O campeão da versão High tem tudo isso no seu repertório.

Estamos falando de Luan Leonel, o “Pseudo Fruto”. O craque do Cardroom não quis saber da concorrência de 249 entradas do torneio de US$ 1.050 e só parou quando soltou o grito de campeão. Luan deu show no torneio, conseguiu uma bela recuperação e embolsou o prêmio de US$ 41.693.

Luan estava chegando perto de conquistar um título no SCOOP. Na última quinta-feira, o profissional tinha anotado duas mesas finais no mesmo dia. Agora, a cravada não escapou. A reta final do torneio teve nomes Lex Veldhuis, Conor Beresford e Maksim Mamanov. Na mesa final, Luan enfrentou bons regulares.

LEIA MAIS: Renan Bruschi vibra com primeira semana arrasadora nas séries e vê edge nos torneios mais caros: “consigo explorar”

Um deles foi Ognyan Dimov, o “cocojamb0”, eliminado na terceira colocação. O búlgaro teve como algoz o britânico “SonOfBadger”, que chegou no heads-up com vantagem de quase 2 para 1 para Luan. Mas o “PseudoFruto” não demorou para igualar o confronto e tomar a dianteira, até que uma tentativa de blefe do britânico encerrou o confronto.

Luan abriu mini-raise de 320.000 fichas e viu o rival aumentar para 1.000.000. O brasileiro pagou com e o flop trouxe . “SonOfBadger” c-betou 860.000 e Luan pagou. A situação se repetiu no turn , com o britânico dando uma bomba de 2.960.000 fichas. Desconfiado, o “Pseudo Fruto” pagou e viu o river dos sonhos com , acertando uma sequência.

“SonOfBadger” foi para o último barril indo all in de 6.855.023 e tomou instacall de Luan. Era um blefe de do britânico.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTv Cast #003 com Vini Marques:

Continue Lendo

ONLINE

GGSF: João Simão é vice-campeão de evento de US$ 10K de PLO após batalha na mesa final

O mineiro somou mais um grande prêmio no mês das séries online

Publicado

em

Postado Por

João Simão segue impecável no mês de abril. Depois de grandes resultados durante a semana, como o tetracampeonato no SCOOP e uma forra gigante na Spring Festival, o mineiro não deixou de engatar nos torneios deste sábado e anotou mais um baita resultado na série do GGPoker. Foi no Omaha, uma das especialidades do mineiro.

Simão engatou no Evento #68-H que era o carro-chefe do dia. O torneio tinha buy-in de US$ 10.300 e foi jogado no formato Progressivo KO. Foram 71 entradas no torneio e o craque terminou com o vice-campeonato. A medalha de prata rendeu o prêmio de US$ 78.802 para Simão, que disputou uma mesa final muito disputada.

LEIA MAIS: Renan Bruschi vibra com primeira semana arrasadora nas séries e vê edge nos torneios mais caros: “consigo explorar”

Depois de formada, a FT levou horas para terminar. Foi um grande teste de paciência para o mineiro, que viu nomes como Dario Alioto, Konstantin Maslak, Eelis Pärssinen, Isaac Haxton e Joni Jouhkimainen serem eliminados na primeira parte da FT. A decisão travou realmente quando o 4-handed foi formado.

Simão disputava o topo com Ronny Kaiser, Lauri Varonen e Sami Kelopuro. A troca de fichas entre os jogadores foi constante e demorou mais de uma hora e meia para Kaiser cair na quarta colocação. O 3-handed continuou lento, mas finalmente Kelopuro derrubou Varonen para enfrentar o mineiro. A diferença era grande e Simão não conseguiu reverter. O finlandês embolsou US$ 189.185 pela cravada.

Confira o MundoTv Cast #003 com Vini Marques:

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Continue Lendo

ONLINE

SCOOP: Felipe Ketzer faz mesa final do Evento #53-M e Jonathan Rosa fica com o bronze na versão Low

Os dois jogadores gaúchos brilharam na série do PokerStars

Publicado

em

Postado Por

Felipe Kezter e Jonathan Rosa

Dois bons eventos do SCOOP que foram paralisados na última quinta-feira foram retomados neste sábado com vários brasileiros na disputa. Era o Evento #53, batizado como versões especiais do tradicional Thrusday Thrill (KO Progressivo, Freezeout). O Brasil contou com finalistas nas versões Medium e Low e levaram bons prêmios.

Na Medium, com buy-in de US$ 1.050, quem representou foi Felipe Ketzer. O “ketzerfelipe” atravessou o field de 1.178 jogadores e terminou com uma honrosa sexta colocação. A trajetória de destaque do gaúcho valeu uma recompensa de US$ 25.168, mais um prêmio de cinco dígitos para a coleção do profissional.

LEIA MAIS: Dominando a mão, João Simão vê Daniel Dvoress trincar, encontra runner runner salvador e decola para prêmio de seis dígitos

Ketzer tinha 12 big blinds na mão da queda. Ele defendeu o big blind após raise de “FiatEruditio” e o flop trouxe T99. Depois dele dar check, o adversário já colocou o brasileiro em all in com as 10 blinds que ficaram para trás e ele deu call. O russo tinha AK e foi buscar um A para passar à frente. O river terminou com um 6 que decretou a queda de Felipe.

O finalista da versão Low foi Jonathan Rosa, o “JonzStars”. Nem uma semana depois de seu primeiro título na série, ele emplacou mais uma mesa final e terminou com o terceiro lugar. O torneio teve buy-in de US$ 109 e um field enorme com 6.639 jogadores. A jornada de Jonathan valeu um prêmio de US$ 25.964 e ratificou a grande fase do também gaúcho.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o MundoTv Cast #003 com Vini Marques:

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS