Banner HUC
290521-n8-June-7,200,000-Giveaways-portugese-1920x350
MundoPoker_1920x350
Royal Pag
Siga-nos

Geral

Doug Polk se incomoda com matéria da CNN que coloca Maria Konnikova como “top player” e gera longo debate no Twitter

Jaime Staples não gostou da forma da crítica e a própria escritora se manifestou

Publicado

em

Doug Polk gosta de uma polêmica e não tem medo de expressar suas opiniões nas redes sociais mesmo sabendo que vai repercutir de qualquer jeito. Nesta terça-feira (08), ele viu uma matéria sobre Maria Konnikova, famosa escritora que aborda a psicologia em seus livros em diferentes aplicações da vida real.

No caso, era uma reportagem da CNN que tinha o seguinte título: “Como você controla os riscos na pandemia? Jogador top de poker conta tudo”. Foi justamente a última parte, onde estava escrito sem tradução “top poker player”, que começou uma confusão no Twitter. Polk não gostou nem um pouco da definição da emissora americana feita para Konnikova.

LEIA MAIS: David Afework tem prêmio do título do WPT500 no partypoker confiscado e nega violação das regras; entenda

Ela aprendeu a jogar poker com o veterano Erik Seidel para escrever um de seus livros. Durante a experiência, venceu um torneio paralelo do PCA 2018 e levou US$ 84.600. Maria tem pouco mais de US$ 300.000 em ganhos no ao vivo. Doug Polk publicou o título da notícia, o perfil dela no Hendon Mob e uma irônica legenda “Top Poker Player” Maria Konnikova.

Na sequência, seguiu a mesma linha sarcástica: “Top Fashion Model” Doug Polk, “Top Terapeuta de Controle de Raiva” Luke Schwartz”, “Top ativista do feminismo” Dan Bilzerian. No fim, ele disse que “é um insulto ao jogo chamar jogadores amadores de “top players””. Eis que um longo debate com James Staples começou.

“Você acha que o público deles grinda NL100? É CNN, porra. O leitor médio deste artigo não sabe as forças das mãos e ainda assim Maria não ganhou o direito de ser considerada “top” para um público pop?”, indagou o embaixador do partypoker. Polk respondeu com uma falinha: “Top MTT Pro” Jaime Staples, ironizando o profissional.

Staples não deixou barato e levou o debate para outra ótica, também numa leve ironia. “Bem, pelo menos desta vez você está sendo consistente e não, mais uma vez, escolhendo um momento em que uma mulher no poker está recebendo atenção, e então criticando a parte mais inútil e irrelevante desta discussão. Porque essa merda é fraca”.

Polk se defendeu: “O que é fraco é pensar que gênero deve influenciar a forma como vemos as realizações de alguém”. “Eu não consigo superar o quão machista é pensar ‘bem, não é muito impressionante, MAS! Ela é uma mulher! Olhe para ela! Muito bem feito!’. Como isso não é extremamente depreciativo e insultuoso”, tentando reverter a crítica de Staples.

LEIA MIAS: Recreativo, Cary Katz vai entrar para o top 10 da All Time Money List após FT no US Poker Open; saiba mais

O canadense continuou o debate: “Isso é sexista, sim. Mas certamente você pode ver que navegar pelo pelo poker como uma mulher seria mais difícil do que é para um homem. Isso não diminui as realizações dos homens (ou as suas), mas vale a pena reconhecer os obstáculos no caminho. Apoiar as mulheres é remover obstáculos”.

Por fim, Doug concluiu seu pensamento: “Eu não acho que fingir que pequenos feitos são grandes para as mulheres como apoio. Eu vejo isso como depreciativo. Seria incrível que houvesse mulheres que pudessem batalhar nos high stakes. Mysters Y era uma talentosa jogadora de poker que lutou nos jogos complicados de 25/50 do PokerStars. Vamos celebrar pessaos como esta. Não alguém que fez Dia 3 de poucos MTTs ao vivo”.

Liv Boeree comentou dizendo que Maria não teve escolha no título e que editores amam o máximo de clickbait. A escritora respondeu Doug Polk. “Liv está correta – eu não vi a manchete. Na verdade, nem mesmo o escritor da peça provavelmente viu. Há uma equipe editorial separada para isso. E sempre fui completamente transparente quanto ao passado no poker. Existe um livro inteiro sobre isso 😊. Os tops players nunca vão atrás dessas coisas”.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #005:

Geral

Perkins detona na sexta sessão, mas Tice dá resposta imediata no sétimo duelo e passa dos US$ 100k de lucro

Duelo segue com vitórias para os dois lados, mas Tice abriu boa vantagem

Publicado

em

Postado Por

Bill Perkins e Landon Tice

A disputa entre Bill Perkins e Landon Tice segue a todo vapor. Depois de muita demora para se iniciair o duelo, os jogadores vêm empregando um ritmo interessante e fazendo duelos constantes. Até o momento, a vantagem é do jovem jogador, mas o equilíbrio nas sessões é aparente.

Até a quinta sessão, quando foi completado 10% da disputa, Tice levava uma vantagem de US$ 83 mil contra o empresário. Mas a sexta partida entre os jogadores foi uma surra de Perkins, que acabou o dia com US$ 67.699 de lucro, diminuindo o prejuízo para apenas US$ 16.003.

LEIA MAIS: Dan Shak dá cochilada e acorda no meio de mão em 3-handed de evento de US$ 25K: “o que aconteceu?”

Isso era bastante ruim para o jovem jogador, que não apenas precisa ganhar, como também tem que terminar com mais de US$ 720.000 para ser declarado vencedor da disputa. Sabendo disso, Tice partiu para uma resposta imediata logo na próxima sessão, que ocorreu ontem (14).

Landon conseguiu terminar com um lucro ainda maior que o de Perkins em relação ao confronto anterior, fechando com US$ 90.568. Dessa forma, ele abriu uma bela vantagem contra o empresário, com 2.791 das 20.000 mil mãos já tendo sido jogadas.

O jovem americano tem agora um lucro de US$ 106.571 e mostra que, pelo menos no lado mental, está mais do que preparado para superar dias ruins de perdas. Já Perkins, que tem a vantagem inicial de US$ 720.000, segue dando trabalho e dificultando a vida do garoto prodígio.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #07 do Depois do River:

Continue Lendo

Geral

Até lá com 88 anos, Doyle Brunson planeja comparecer em torneios dessa edição da WSOP

Lendário jogador americano possui 10 braceletes em sua carreira

Publicado

em

Postado Por

Doyle Brunson

O anúncio das datas e eventos especiais da WSOP animou os jogadores de poker por todo o mundo. O assunto logo tomou grande proporção no Twitter, com muitos profissionais e amantes do esporte da mente já visando o sucesso do evento num futuro próximo.

Aproveitando o tema, o lendário Doyle Brunson também fez um anúncio. Ele usou uma foto postada em sua rede social para dizer que está planejando comparecer mais uma vez e abrilhantar mais uma vez os fields dos já estrelados torneios da série.

Em setembro, Doyle Brunson já terá completado 88 anos. Segundo o comentário feito pelo próprio americano, o lendário jogador poderá comparecer em alguns pouco eventos. Na grade, por exemplo, ele pode tentar comparecer ao Main Event, ao torneio de Seniors ou ainda no torneio especial para os jogadores do Hall da Fama.

LEIA MAIS: Famosa mão contra Tom Dwan, efeito nas mesas e relação com o álcool: Phil Ivey abre o jogo em podcast

Dono de incríveis 10 braceletes, Brunson já conquistou títulos em eventos de Holdem, Razz, HORSE, Seven Card Stud, Seven Card Stud Hi-Lo, Mixed Doubles Seven Card Stud, além de ter sido duas vezes campeão do Main Event, nos anos de 1976 e 1977.

A histórica carreira do jogador pode ter mais um capítulo importante, onde o resultado, na verdade, nem importa muito. Apenas sua presença é o suficiente para fazer os olhos dos admiradores brilharem.

“Estou planejando jogar alguns torneios selecionados no WSOP este ano”

 

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #07 do Depois do River:

Continue Lendo

Geral

WSOP finaliza cronograma e revela datas dos eventos da edição de 2021; diretor diz que “será memorável”

Aguardado retorno da série está cada vez mais próximo

Publicado

em

Postado Por

A tão aguardada volta da WSOP ganhou contornos definitivos no início da tarde dessa terça-feira (15). A empresa divulgou o cronograma e os detalhes de todos os eventos da edição de 2021, que tem o início marcado para o dia 30 de setembro e finalização em 23 de novembro.

Serão, ao todos, 88 eventos com braceletes distribuídos e programação especial trazendo os principais torneios que marcaram a série ao longo dos anos. As inscrições estarão abertas, tanto presencialmente quanto online, já a partir de agosto.

O diretor executivo Ty Stewart está confiante de que será uma edição histórica: “não tenha dúvidas, a WSOP de 2021 será o verdadeiro negócio e estamos nos preparando para uma casa cheia. Ao longo da história das WSOP, este ano será particularmente memorável e estamos nos preparando para uma reunião de poker em que todos os jogadores podem comemorar”.

LEIA MAIS: Com grandes confrontos na primeira fase, estrelas do WPT Heads-Up Championship US$ 25K by PokerKing são reveladas

A competição terá o tradicional e cobiçado Main Event com quatro dias iniciais, a partir de 4 de novembro. A disputa pelo esperado torneio de US$ 10K seguirá até o dia 17 do mesmo mês, data que será conhecido o novo campeão mundial de poker. Além dele, a WSOP preparou algumas semanas especiais para os jogadores, relembrando icônicos torneios. Você pode ver a grade completa aqui.

Confira alguns destaques:

1 de outubro: $500 The Reunion – US$  5 milhões garantido

5 de outubro: $25.000 Heads Up No-Limit Hold’em Championship

6, 13, 18, 21 e 24 de outubro: Old School Freezeouts Return – Torneios freezouts da grade

8 de outubro a 19 de novembro: Return of The Record Breakers (as sextas e sábados acontecerão os famosos The Millionaire Maker, Monster Stack, Double Stack, Colossus and The Closer)

19 de outubro: Event #38: High Roller No-Limit Hold’em 8-Handed US$ 50.000

31 de outubro: Deuce to Seven Single Draw NL Returns

31 de outubro: Event #60: Poker Players Championship 6-Handed US$ 50.000

17 de novembro: Poker Hall of Fame Bounty – torneio com todos os integrantes do Hall da Fama do Poker vivos convidados para jogar e com bounty especial de acordo com o ano de sua introdução no Hall

18 de novembro: Event #82: Super High Roller No-Limit Hold’em US$ 250.000

19 de novembro: Nosebleed PLO – O maior buy-in de PLO da WSOP

21 de novembro: Event #87: High Roller No-Limit Hold’em US$ 100.000

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #07 do Depois do River:

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS