Slider
Siga-nos

ONLINE

Rodrigo Selouan relata sensação após big hit no WPT e primeiros meses do 9Tales: “honra muito grande”

O craque paranaense também avaliou os planos para o futuro

Publicado

em

(Crédito: Artur Oliveira)

Quando um grupo de craques do país se juntou e o 9Tales foi criado, todo mundo quis saber quem eram os integrantes da equipe. Quem estava lá no meio era o paranaense Rodrigo Selouan. De perfil mais reservado, o craque de 29 anos – que nem Instagram tem – vem mostrando neste período toda a categoria que o faz integrar o esquadrão de elite do poker brasileiro.

No domingo passado, o último dia do WPT no partypoker, Selouan coroou dois meses de extrema dedicação com o big hit da carreira. Ele foi o grande campeão do Evento #55 da série, o Weekender, e faturou uma bolada sensacional de US$ 151.725. A comemoração veio com a tradição do grupo após bons resultados dos membros.

“Foi incrível! Fiquei uns 5 minutos com a mesa aberta e comemorando em caps lock nos chats do 9T com o pessoal quando acabou. Depois rolou uma live pós-grind que já virou uma tradição nossa nos dias com grandes forras, sensação boa demais!”, disse o craque.

LEIA MAIS: De “queimado” a forrado! A saga de Pedro Padilha no último fim de semana de maio com lucro milionário

No PokerStars, o “SELOUAN1991” também vinha de bom resultado dois dias antes, quando ganhou US$ 28.509 pela 4ª colocação no Evento #108-H. “Eu acabei jogando pouco nessa última semana, cansaço já vinha atrapalhando no final de uma série tão longa e acabou sendo bom, cheguei inteiro no domingo e acho que isso ajudou”, lembrou Selouan.

Com a criação do 9Tales, o profissional tem consciência de que os holofotes, agora, estão mais voltados para si. “Me anima sim. Ter meu nome associado a alguns dos principais jogadores do Brasil e do mundo é uma honra muito grande”, falou Rodrigo sobre o maior reconhecimento. Ele também contou sobre o processo de subida de degrau nos buy-ins no online.

“Eu vinha jogando um abi (buy-in médio) alto desde o começo do ano, mesmo assim subiu mais de 50% nos últimos dois meses. Essa transição tem sido muito desafiadora, aos poucos estou me adaptando, pessoal com mais experiência em high stakes do grupo tem me ajudado muito nessa adaptação. Scipiao (psicólogo/amigo) me ajuda demais na parte mental também”, explicou.

Heads-up contra búlgaro no WPT

Selouan enfrentou um heads-up complicado contra o búlgaro Dimitar Danchev para concretizar o título do Weekender. “Fiquei com a impressão que ele foi um pouco passivo no geral, pareceu brigar pouco pelos potes pequenos e eles foram cruciais em um heads-up deep e longo como foi”, avaliou. Ele também relembrou uma mão muito importante no duelo.

Com um board mostrando três cartas de espadas, Rodrigo tinha T5 e havia acertado o top pair T no flop e fez dois pares no river 5. O búlgaro jogou a mão de forma agressiva e colocou o paranaense na porta no river. Se errasse o call, o brasileiro ficaria com o vice. Mesmo com dois pares, a decisão foi complexa. No final das contas, deu o call certo e descobriu o AA do rival.

“Me senti mal nessa, era um board muito conectado e com três cartas de espadas, meu range não estava capado, acabei pagando porque só precisava ganhar 1/3 das vezes pro call ser bom e minha mão ainda era bem forte pensando na amplitude dos ranges, mas passou sim pela cabeça foldar”.

Começo do 9Tales e ideias para o futuro

“Eu estava lá em Punta com o pessoal quando surgiu a ideia do 9T. Lembro de estarmos tomando uma cerveja perto da praia, estávamos em uns quatro essa hora, tudo parecia conversa de boteco e mesmo achando a ideia sensacional não achei que aconteceria. De repente, na semana seguinte, já em casa, começando o grind surge uma chamada com 9 pessoas, todos muito animados e tudo acabou acontecendo bem rápido”.

Com a força do poker online nos últimos dois meses e várias séries, o campeão do Weekender revelou que o grupo estava mais focado no grind. O estudo em comunidade deve ficar mais recorrente nas próximas semanas, agora com o fim das séries.

“Tem sido incrível! No começo do projeto rolaram vários estudos legais, mas logo os fields foram crescendo e focamos mais no grind, aí veio o SCOOP e foi quase 100% grind nesse período, então a verdade é que ainda não conseguimos pegar tão pesado nos estudos, mesmo assim sempre rolam discussões que agregam muito”, pontuou Rodrigo.

LEIA MAIS: Queen high like a boss: Antes de garantir título, Justin Bonomo tomou call insano de Michael Addamo no HU do SHRB

Por fim, o craque reconheceu não ser um jogador tão assíduo no live, mas se diz pronto para aparecer de vez nos grandes torneios ao lado dos amigos.

“Joguei bem pouco live durante minha carreira mesmo. Nós já estávamos pensando em várias paradas pra esse ano como WSOP e Barcelona, infelizmente por conta do corona não devem acontecer esse ano, mas pós-corona pode ter certeza que vou aparecer mais nos lives, junto com todo 9T reforçar a equipe brasileira que roda o circuito atrás de grandes conquistas!”, finalizou.

Notícias

Geraldo César vence Bounty Hunters Special $210 e Guilherme Dias crava Daily Main Event $50 do GGN8 Network

Douglas Lopes foi prata no High Rollers FAST $500

Publicado

em

Postado Por

Os jogadores brasileiros continuam com tudo no GGN8 Network. Nesta quinta-feira (09), no Bounty Hunters Special $210, Geraldo “UmReiNoRiver” Cesar foi campeão entre os 611 concorrentes, faturando US$ 20.401.

Já no Daily Main Event $50, Guilherme “entreganewba” Dias  conquistou a medalha de ouro do field de 1.079 participantes, ganhando US$ 8.053.

LEIA MAIS: Melhores do Twitter: Maria Ho faz proposta nostálgica, Mike Matusow devastado e Fintan Hand comemora bad beat

LEIA MAIS: Aos 70 anos, Ron McMillen estreia no online, crava Evento #9 da WSOP e leva primeiro bracelete; confira a comemoração

Além disso, no High Rollers FAST $500, Douglas Lopes, comandando a conta “SEPOLAGUOD”, terminou na 2ª colocação entre os 43 inscritos, puxando US$ 5.148. No Bounty Hunters Daily Main $52.50, o destaque foi “Dsmoke”.

O grinder ficou no 2º lugar do field de 1.090 oponentes, levando US$ 4.374. Enquanto isso, no Bounty Hunters Special $84, “Porquinho” garantiu a medalha de prata entre os 639 adversários, recebendo US$ 4.296.

E no Bounty Hunters Special $105, “PazAmor” ficou na 3ª colocação do field de 435 jogadores, levando para casa o prêmio de US$ 3.682.

Continue Lendo

Notícias

“homempeixe77” é campeão do US$ 530 Daily Supersonic e “Dark Azazel” é vice no US$ 55 Mini Bounty Builder HR do PokerStars

“xtha” foi ouro no Bounty Builder US$ 33

Publicado

em

Postado Por

A quinta-feira (09) foi mais um dia de resultados para os jogadores brasileiros no PokerStars. No High Roller Club: US$ 530 Daily Supersonic [6-Max, Hyper-Turbo], “homempeixe77” superou os 98 participantes faturando US$ 10.546.

Já no US$ 55 Mini Bounty Builder HR [Progressive KO], o destaque foi “Dark Azazel” ao ser vice entre os 2.457 concorrentes, ganhando US$ 7.126. No Bounty Builder US$ 33, “xtha” foi campeão do field de 2.289 competidores, puxando US$ 6.932.

LEIA MAIS: Aos 70 anos, Ron McMillen estreia no online, crava Evento #9 da WSOP e leva primeiro bracelete; confira a comemoração

LEIA MAIS: O crescimento do poker online em 2020

Além disso, no Bounty Builder US$ 109, “Rebozeio” garantiu a medalha de prata entre os 785 oponentes, levando US$ 6.405. No US$ 109 Mini Thursday Thrill [KO Progressivo], Felipe Boianovsky, pilotando a conta “lipe piv”, ficou no 3º lugar do field de 1.298 inscritos.

Pela performance, o player ganhou US$ 6.248. Enquanto isso, no Bounty Builder US$ 55, “hayashi12”, se consagrou campeão entre os 889 adversários, recebendo o prêmio de US$ 5.543.

Confira os resultados de quinta:

Evento Jogador Colocação Prêmio
Daily Supersonic US$ 55 [6-Max, Hyper-Turbo] “leoduarte13” US$ 3.847
Hot US$ 109 Francisco “chiconogue” Nogueira US$ 3.665
Bounty Builder US$ 16.50 “rodolfcdrn” US$ 3.647
Mini Thursday Thrill US$ 22 [Late Edition, KO Progressivo] “rafaelomito” US$ 3.593
Bounty Builder US$ 109 “554477” US$ 3.490
Bounty Builder US$ 11 “JuLiOcTas” US$ 3.415
Bounty Builder US$ 16.50 US$ 20 K Gtd “adrissan” US$ 3.338
High Roller Club: US$ 530 Bounty Builder HR [Late Edition,Progressive KO] Bruno “SOUFODAMS” Medalha US$ 3.206
Big US$ 11 “JeanLemos55” US$ 3.291
Hot US$ 55 [Progressive KO] Lucio “WizardOffAz” Lima US$ 3.169
Bounty Builder US$ 11 “Laupinho” US$ 3.147

 

Continue Lendo

ONLINE

Alemão acha dois outs em coin flip e Saymon Dias é vice-campeão do Evento #05-H da Stadium Series

O jogador do Samba Team fez bonito no torneio

Publicado

em

Postado Por

A quinta-feira (09) trouxe mais um grande resultado para o poker brasileiro na Stadium Series do PokerStars. O dono dele foi um jogador que está vivendo um ano bem consistente com diversos prêmios interessantes e boa regularidade no poker online: o craque Saymon Dias, o $aymon9 do online.

O jogador do Samba Team não se intimidou com o bom field de 459 entradas do Evento #05-H (US$ 530 6-Max) e terminou com uma brilhante segunda colocação. O vice rendeu um prêmio de US$ 32.040 para o craque. Poucas semanas atrás, Saymon soltou o grito de campeão no Evento #119 da Summer Series e levou US$ 23.967 pelo feito.

A cravada só não veio desta vez porque ele trombou o alemão “Kaloryfer147” no heads-up. Com desvantagem de 2 para 1, Saymon acabou perdendo um coin flip que seria para virar o duelo de um jeito bem cruel. Com os blinds em 150.000 / 300.000, ele deu mini-raise e viu o rival soltar uma 3-bet para 2.400.000.

LEIA MAIS: Renan Bruschi disseca jogada contra Lex Veldhius e critica seleção de mão do streamer para squeeze: “erro grave”

Sem hesitar, o brasileiro anunciou all in de 15.051.494 fichas e tomou call do alemão. Saymon tinha e “Kaloryfer147” mostrou . O flop foi excelente e deixou o jogador do Samba Team com 93% de chance de vitória. Só que a estrela do alemão brilhou e logo no turn ele encontrou o . O river encerrou o torneio.

Saymon foi o único brasileiro na mesa final do torneio. Os craques João Mathias Baumgarten “joaoMathias” e Eduardo Silva “Eduardo850” terminaram em 22º e 23º e levaram US$ 2.369.

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS