Slider
Siga-nos

ONLINE

Rodrigo Selouan fala da forra histórica no Battle of Malta, preparação para a FT e mudanças na vida com o hit: “menos do que parece”

O craque do 9Tales foi o campeão do Main Event da série e embolsou US$ 636.477

Publicado

em

(Crédito: Artur Oliveira)

O último final de semana teve mais uma história memorável para o poker brasileiro. O craque Rodrigo Selouan, um dos oito jogadores do projeto 9Tales, fez bonito no sábado (28) e com uma belíssima atuação na mesa final do Main Event do Battle of Malta saiu de 7º stack no início para terminar com a glória de ser o grande campeão.

Por ter superado um field de 8.789 adversários, Selouan recebeu US$ 636.477, o maior prêmio disparado da carreira. “Sensação única. Eu tava muito focado em manter a calma durante toda FT, quando acabou eu tava tranquilo, mas à noite demorei bastante pra dormir, em alguns momentos durante o dia parecia que era mentira”, falou o campeão para o Mundo Poker.

Low profile, Rodrigo não tem Instagram, por exemplo, mas falou que a repercussão da vitória foi grande. “Recebi muitas mensagens, tinha uma galera que eu nem imaginava acompanhando a FT, pessoal torceu direitinho (risos)”. “A comemoração foi com minha esposa, filha, pai e mãe. Saímos para jantar, esse momento é mais especial que ganhar qualquer torneio, ver o quão felizes eles ficam por mim é demais”, disse o craque.

LEIA MAIS: André Akkari fala ao Baralho Pergunta sobre possível explosão do poker ao vivo pós pandemia: “Eu estou doente para jogar”

Selouan teve cinco dias para se preparar até a mesa final. Com o sétimo maior stack, apenas 10 big blinds, ele revelou a estratégia que concentrou. “Passei a semana estudando várias situações que poderiam acontecer, principalmente entre 8 e 20bbs. Acabei aprendendo bastante com essa FT antes mesmo dela começar”, explicou.

O campeão do Battle of Malta também relembrou alguns momentos importantes da mesa fina. “Tiveram alguns, o QQ x 55 pra eliminar o 9º colocado foi crucial, mas o QQ vs A5s do Fabrizio González foi um divisor de águas no torneio, ali fiquei em um spot muito favorável pra buscar o título”, lembrou.

A mão em questão contra o craque uruguaio aconteceu no 6-handed. Se levasse a bad beat, Rodrigo seria eliminado em 6º lugar e ficaria com US$ 96.131. O baralho não aprontou com o brasileiro e ele dobrou o stack assumindo a liderança em fichas. Certamente foi a mão que embalou o paranaense rumo ao título. Confira como foi:

O alto valor conquistado por deslumbrar muita gente e também causar impactos instantâneos na vida. Bem tranquilo, Selouan rejeitou mudanças significativas e lembrou os motivos. “As coisas que importam não mudam nada. Financeiramente acaba mudando menos do que parece também de imediato, já que temos o swap e nossas oscilações dentro do 9Ts como grupo são grandes, mas pra minha carreira tenho certeza que foi algo muito grandioso”, disse o craque.

Se não vai trazer grandes mudanças na vida particular, a ideia também não é de se empolgar e começar a jogar torneios mais caros. O campeão do Main Event do Battle of Malta está com os pés no chão em relação ao futuro.

“Muito pouco, quando o 9Ts começou eu joguei um ABI (buy-in médio) muito alto por 2 ou 3 meses, acabei pegando a maior downswing da minha vida e foi uma experiência dolorida, já que os valores eram muito altos. Nas últimas semanas tenho jogado um ABI que me sinto mais confortável, isso inclusive ajudou a chegar confiante nessa reta final. O plano é seguir trabalhando duro para um dia bater de frente nos torneios mais caros da grade, mas sem pressa!”, finaliza Rodrigo Selouan.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos

ONLINE

Hugo Marcelo pula na lança na mesa final da Winter Series #02 do PokerStars Espanha e é eliminado na 7ª colocação

O torneio foi um sucesso e superou o garantido de € 1.000.000

Publicado

em

Postado Por

Em paralelo as últimas retas finais da Blowout Series do PokerStars, a versão espanhola do site da espada vermelha também tinha um evento de destaque em sua grade. Por lá estava rolando a série Winter Series e nesta terça-feira rolava o desfecho do Evento #02, o New Year’s Bash. Disputado no formato “Fases”, o torneio tinha buy-in de apenas € 30 e € 1.000.000 garantidos.

Apesar do PokerStars.es não mostrar a nacionalidade dos jogadores, um jogador brasileiro que tem o nick revelado por lá alcançou a mesa final. Foi o carioca Hugo Marcelo, um dos grandes nomes do cenário nacional. Ele é o “SiempreFla”, um trocadilho com o seu nick “EverFla” no site principal.

O Dia Final do torneio voltou com 17 jogadores do field total de 37.823 entradas e Hugo tinha o quinto maior stack. Ele alcançou a mesa final, mas acabou caindo em um spot complicado na 7ª colocação. O prêmio recebido por Hugo foi de € 18.588, um baita retorno para o investimento feito, mas longe do prêmio de € 140.012 que estava reservado para o campeão.

LEIA MAIS: Em paradão na FT, Douglas Ferreira vai buscar dois outs no river depois de flop terrível e explode na Twitch

Hugo tinha 19 big blinds na mão da queda, era o penúltimo em fichas, mas o cenário estava bastante equilibrado. Foi nos blinds 500.000 / 1.000.000. Com , ele deu mini-raise do cutoff e viu o adversário “DonkRunnador” 3-betar baixo para 5.100.000 fichas, com pouco a mais do Hugo no stack. A decisão voltou para o carioca que pensou por alguns segundos.

Ele decidiu ir all in, mas foi na hora errada. O adversário deu instacall e mostrou AA. O board ainda trouxe bastante emoção, deixando Hugo flush draw, mas não teve jeito!

Confira como foi:

 

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Continue Lendo

ONLINE

Penúltimo em fichas no início, Pascal Hartmann arranca e fatura o título do Super MILLION$ pela primeira vez

O jogador austríaco passou por cima de vários destaques do poker online

Publicado

em

Postado Por

Nas últimas semanas, o tradicional Super MILLION$ do Natural8 acabou nas mãos de quem havia começado a mesa final como chip leader. Um grande jogador da atualidade do cenário online precisou arregaçar as mangas e suar a camisa para mudar esse panorama na edição desta terça-feira (19) do torneio.

Pascal Hartmann, o popular “Päffchen” dos feltros virtuais, não tomou conhecimento da concorrência e soltou o grito de campeão do MILLION$ após mesa final bastante animada. O torneio de US$ 10.300 teve 225 entradas e o austríaco levou uma super forra de US$ 454.907 pela cravada, mais uma para a coleção.

LEIA MAIS: Com river bizarro na mão final, André Akkari deixa US$ 1.050 Monday 6-Max do PokerStars no pódio

Essa foi a quarta mesa final de Hartmann no Super MILLION$. Nas outras ocasiões, ele terminou em sétimo, quinto e na segunda colocação, agora entrando finalmente no hall de campeões do evento mais badalado do site. Para isso, ele precisou de uma baita arrancada ao sair do penúltimo stack entre os finalistas para juntar todas as fichas.

Pascal enfrentou diversos jogadores da elite do poker mundial na decisão, como Aliaksei Boika, Amichai Barer, Kyle Menard, Isaac Baron, Dario Sammartino e o argentino Ramiro Petrone. O heads-up foi contra o irlandês “Pluto The Doggo”, ainda sem identidade revelada. Ele conseguiu a façanha do back-to-back na FT, mas não foi páreo para o Hartmann neste heads-up.

Confira como foi a mão final:

Confira a premiação dos finalistas:

1º – Pascal Hartmann (Áustria) – US$ 454.907

2º – “Pluto The Doggo” (Irlanda) – US$ 350.781

3º – Ramiro Petrone “OnTheFlow” (Argentina) – US$ 270.489

4º – “RRomoshka” (Rússia) – US$ 208.576

5º – Dario Sammartino (Itália) – US$ 160.834

6º – Isaac Baron (EUA) – US$ 124.020

7º – Kyle Menard (Canadá) – US$ 95.632

8º – Amichai Barer (Canadá) – US$ 73.742

9º – Aliaksei Boika (Bielorrússia) – US$ 56.863

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Continue Lendo

ONLINE

Blowout Series: Luan Barbosa e Gustavo Mastelotto são os melhores no Evento #86-H; Gabriel Tavares faz FT no #88-H

Com grande forra para o campeão, sócio do Insight parou na mesa semi final

Publicado

em

Postado Por

Luan Barbosa, Gustavo Mastelotto e Gabriel Tavares

O Brasil colocou um batalhão de craques no Dia Final do Evento #86-H (US$ 1.050 Progressivo KO) da Blowout Series, mas acabamos ficando sem representantes na mesa final. Sócio do Insight Poker Team, Luan Almeida foi o melhor brasileiro.

Comando a conta “Relthor1301”, o craque se envolveu em all in pré-flop com TT. Ele encontrou o adversário com AJ e o flop foi um pesadelo, dando dois pares para o vilão. O turn deixou “Abroski” flush draw, com apenas um out para salvar Luan. O river consolidou sua eliminação na 13ª colocação. 

Pela performance, Luan puxou US$ 8.175. Quem também ficou próximo da decisão foi Gustavo Mastelotto. O “22ehnutzz” do PokerStars ficou em 24º e levou US$ 7.785. O campeão vai puxar US$ 92.222, além dos bounties.

LEIA MAIS: Com river bizarro na mão final, André Akkari deixa US$ 1.050 Monday 6-Max do PokerStars no pódio

Quem alcançou a mesa final, mas no Evento #88-H (US$ 530 6-Max Hyper), foi Gabriel Tavares. O “gtavares10” de despediu logo no começo da decisão, levando uS$ 9.024 pela sexta colocação. O campeão foi o russo “zinkAA”, faturando US$ 48.597.

Confira a eliminação de Luan Almeida:

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS