Slider
Siga-nos

ONLINE

Rodrigo Seiji e Belarmino de Souza fazem mesa final em diferentes eventos no WCOOP; confira

O Brasil teve representantes em decisões variadas nesta segunda-feira

Publicado

em

Os jogadores brasileiros arrebentaram nesta segunda-feira do WCOOP. Foram diversas mesas finais somadas e vários jogadores conhecidos nas retas. Dois que alcançaram decisões importantes foram os craques Rodrigo Seiji e Belarmino de Souza, mas infelizmente eles não conseguiram atingir as posições mais altas delas.

A mesa final de Belarmino terminou antes. O “PaGaOVelhinho” do PokerStars encarou a decisão estrelada do Evento #47-H (US$ 2.100 Freezeout, Sunday Warm-Up) e terminou com a sétima colocação para um prêmio de US$ 17.133. A trajetória do jovem catarinense poderia ter sido melhor, mas uma bad beat do craque “girafganger7” foi cruel.

Belarmino tinha um stack seguro com 29 big blinds, faixa parecia com a da maioria dos adversários, menos “girafganger7”, disparado na liderança, e o short stack “ArtHouse2011”, com oito blinds. Belarmino deu raise do CO com e viu o líder ir all in do big blind para colocar pressão. O brasileiro pagou e viu que o rival tinha , uma ótima situação de showdown.

LEIA MAIS: DUELO DE TITÃS! Segundo round da batalha entre Hellmuth e Esfandiari no High Stakes Duel tem data marcada

Só que os deuses do baralho resolveram castigar Belarmino e o flop já veio um flush para “girafganger7” com . Belarmino ainda podia buscar o flush maior, mas turn e river derrubaram o craque.

Rodrigo Seiji, por sua vez, terminou com a sexta colocação no Evento #50-H (US$ 1.050 NLH 6-Max). O “seijistar” mandou bem no field de 677 entradas e levou o prêmio de US$ 21.008. A queda de Seiji aconteceu para o jogador “Amadeus7777”. Ele deu o chamado fake all in colocando mais da metade de seu stack no centro, e tomou só call do rival no big blind.

O flop foi Q95 e o estrangeiro já saiu de all in cobrindo o stack restante de Seiji. O jogador do 9Tales deu instacall com QJ, mas estava atrás do KK de “Amadeus7777”. Turn 8 e River 7 não trouxeram a salvação. Neste torneio, Alexandre Mantovani, o “Cavalito”, foi eliminado na bolha da FT. A oitava colocação rendeu US$ 13.556 para o craque.

ONLINE

Pedro Madeira alivia semana “tensa” com bela cravada no Evento #145 da Bounty Builder Series

O jogador do 4bet Poker atropelou a concorrência

Publicado

em

Postado Por

A semana do poker brasileiro começou com uma notícia pra lá de polêmica: o banimento do jogador Pedro Madeira, o “gusmaa”, no site GGPoker sob acusação do uso de RTA. O mineiro explicou os detalhes para o Mundo Poker com exclusividade. Pra dar uma esquecida nesse problema, o craque mostrou sua qualidade na Bounty Builder Series.

Nesta quarta-feira (21), Pedro participou do Evento #145 (US$ 530 NLH) e não quis saber da concorrência de 264 entradas do field. Ele foi o grande campeão do torneio e embolsou uma belíssima forra de US$ 27.069, sendo que a maior parte veio através das eliminações, mostrando que o craque fez uma verdadeira “matança” na decisão.

LEIA MAIS: BBS: Jonathan Wolter cai em 3º após flopar top dois pares no Evento #136; Eder Campana também chega

Apesar do alto valor de buy-in, a mesa final do torneio não contou com tantos jogadores conhecidos como de costume. O 3-handed do brasileiro foi contra o austríaco “neeno1990”, que terminou como vice-campeão, e o esloveno “marjan”1231”. O brasileiro que chegou mais longe depois de Gusma foi seu companheiro de 4bet Team Eder Campana, eliminado em 15º (US$ 1.617).

Com enorme vantagem contra o austríaco no heads-up, quase 5 para 1, Gusma matou o duelo. O rival shovou e o brasuca só teve o trabalho de pagar com . Um T ainda veio no flop para dar uma trinca, um J surgiu no turn para dar emoção, mas o river foi tranquilo e ele saiu para a festa.

Continue Lendo

ONLINE

Sertanejo Munhoz vence torneio no PokerStars e ganha elogios do mentor Saulo Sabioni: “apaixonadíssimo pelo jogo”

O cantor foi campeão do tradicional Bounty Builder US$ 11

Publicado

em

Postado Por

A comunidade brasileira de poker conta com muitas celebridades do ramo artístico, influenciadores digitais e do esporte entre membros assíduos. Nomes como Neymar, Hugo Pena, Belutti, Maurren Maggi, Dentinho e Marcius Melhem são alguns dos nomes que levam o jogo a sério. O time dos famosos agora tem mais um membro: o cantor sertanejo Munhoz.

O artista que faz dupla com Mariano e é dono do hit de sucesso “Camaro Amarelo” publicou nas redes sociais um resultado obtido no PokerStars. Ele cravou o Bounty Builder US$ 11 durante a madrugada e ganhou US$ 271,85 por ter superado um field de 110 entradas. “Eu disse que ainda iria cravar esse torneio. EU CONSEGUI, meu Deus que emoção da p****”, comemorou o cantor no Instagram. A conta dele é “MunhozMeM” no PS.

O interessante é que nessa postagem ele marcou algumas pessoas, entre eles o campeão brasileiro Saulo Sabioni e o time criado por ele, o Suits Poker Team. O Mundo Poker foi atrás do craque para saber mais sobre a relação de Munhoz com ele. Ele prontamente respondeu: “Ele não joga para o time oficialmente, mas eu dou umas aulas para ele”, explicou.

LEIA MAIS: Na estreia da MundoTV na Twitch, Ole Schemion comanda as ações e crava o Super MILLION$ do GGPoker; saiba mais

“A gente é bem próximo e tento ajudar ele ao máximo. Ele é apaixonadíssimo pelo jogo. E ele gosta muito do time, conhece a galera, tem casaco e todos os itens”, detalhou. Saulo também disse como conheceu o sertanejo. “Moramos na mesma cidade. Ele começou a fazer um cash na casa dele só para convidados. Aí ele, sabendo de mim, um dia me chamou através de outros amigos”.

Saulo ainda revelou que isso aconteceu faz quase dois anos e que troca ideia com Munhoz quase todos os dias. “Ele joga umas três ou quatro vezes na semana pelo menos (risos)”. Em breve, quem sabe, o cantor será mais um a figurar os destaques diários do Mundo Poker. Por enquanto, ele recomenda as aulas do Suits, que inclusive está com inscrições abertas para um novo processo seletivo. Clique aqui para saber mais.

Continue Lendo

Notícias

Craque da velha guarda, Sam Grizzle morre ao 67 anos após derrame cerebral; antigo rival, Phil Hellmuth presta homenagem

Entre as recentes conquistas do americano estava o 3º lugar no Monster Stack da WSOP Online

Publicado

em

Postado Por

Considerado um dos caras mais engraçados do poker e ícone entre os jogadores old school, Sam Grizzle faleceu após um derrame cerebral nesta segunda-feira (19). Ele chegou a ficar em coma induzido, mas infelizmente não resistiu.

O player da velha guarda, que tinha 67 anos, ficou conhecido pela personalidade nas mesas e pelas constantes discussões com Phil Hellmuth. Inclusive, o craque, que logo mais participa do Round 3 contra Antonio Esfandiari, falou sobre o colega de profissão no Twitter.

LEIA MAIS: Chance Kornuth sai do vermelho ao garantir maior lucro em uma única sessão do desafio contra Galfond

“Descanse em paz Sam Grizzle. Numa entrevista com Chad Holloway, eu contei minha melhor história com Sam (eu vou twittar). Seja lá quando você jogou com o Sam, você estava rindo. Ele era um dos caras mais inteligentes do poker e vou sentir falta dele”, escreveu.

No histórico de rivalidade entre os dois, o que mais impactou a comunidade foi quando os dois partiram para a briga fora de um cassino em Las Vegas há 20 anos. Durante a discussão, Sam acertou a cara de Phil. Apesar disso, o jogador old school tinha uma boa reputação nas mesas pela esperteza e alegria.

Não à toa, ele tinha acumulado exatamente US$ 1.0354.877 de ganhos, incluindo sete ITMs na WSOP Online na qual ficou em 3º lugar no Monster Stack. Na ocasião, o jogador garantiu o maior prêmio da carreira ao puxar US$ 77.725.

Já no ao vivo, a maior conquistado do americano aconteceu em 1991 quando se consagrou campeão do $ 1,500 + 50 1/2 Hold’em, 1/2 Lowball do 7th Annual Diamond Jim Brady, em Los Angeles. Na oportunidade, o craque levou para casa o prêmio de US$ 70.400.

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS