Slider
Siga-nos

Poker Masters

Poker Masters: Dan Smith é campeão do Evento #21 de US$ 25K e embolsa forra violenta; confira os resultados

Atuando no Canadá, o craque americano precisou bater uma mesa final difícil

Publicado

em

Mais um dia de rodada dupla no Poker Masters chegou ao fim. Desta vez, foram duas opções de torneios, com buy-in de US$ 25.500 e US$ 10.300. No mais caro do dia, o grande campeão foi um dos jogadores que está bem acostumado a jogar limites caros. O americano Dan Smith não tomou conhecimento do field de 63 entradas do Evento #21

O título rendeu uma super forra para Smith, que embolsou US$ 511.875 pelo feito. Ele precisou superar uma mesa final com grandes nomes do poker mundial, como Timothy Adams, Alex Foxen e Steve O’Dwyer. No heads-up, o americano venceu a concorrência do russo Artur Martirosyan, jogador que está dando muito trabalho no cenário high stakes.

LEIA MAIS: Exclusivo: Patrick Leonard comenta fase insana do online e elege brasileiro como mais subestimado do mundo: “um jogador incrível”

Pouco antes, o Evento #21, com buy-in de US$ 10.300 também teve a bandeirinha do Canadá no topo, mas com um jogador verdadeiramente de lá. Sebastian Lewin superou o field de 77 entradas para por as mãos num prêmio de US$ 240.860. Ele venceu Alex Foxen em heads-up bem disputado, com direito a uma bela virada.

O grego Alexandros Kolonias, também vivendo grande fase, completou o pódio. O torneio foi disputado no formato 6-Max. Quem completou a mesa final foi David Peters, Ali Imsirovic e o finlandês Joni Joukhimainem. Restam apenas oito eventos para a finalização do Poker Masters online.

Confira a premiação final do Evento #21:

1º – Dan Smith – US$ 511.875

2º – Artur Martirosyan – US$ 346.500

3º – Timothy Adams – US$ 228.375

4º – Alex Foxen – US$ 141.750

5º – Matthias Eibinger – US$ 110.250

6º – Stephen O’Dwyer – US$ 86.625

7º – Eelis Pärssinem – US$ 74.812

8º – Koray Aldemir – US$ 74.812

Confira a premiação dos finalistas do Evento #22:

1º – Sebastian Lewin – US$ 240.860

2º – Alex Foxen – US$ 150.150

3º – Alexandros Kolonias – US$ 92.400

4º – David Peters – US$ 67.375

5º – Ali Imsirovic – US$ 48.125

6º – Joni Jouhkimainem – US$ 32.725

Poker Masters

Campeão do Poker Masters, Alexandros Kolonias lembra vitória no apagar das luzes e evolução na quarentena: “me ajudou muito”

Novo dono do “Purple Jacket”, o grego conversou o Mundo Poker

Publicado

em

Postado Por

Entre os nomes fortes tanto do poker online como nos feltros ao vivo é difícil não lembrar do grego Alexandros Kolonias, ainda mais se a memória estiver fresca com os acontecimentos dos últimos meses. Há poucas semanas, o craque deu um show absoluto no Poker Masters no partypoker e terminou como o vencedor do icônico “Purple Jacket”.

A vitória veio com uma história incrível, pois Kolonias conseguiu a façanha de cravar o último dos 30 eventos da série e ultrapassar o então líder Artur Martirosyan. Em conversa com o Mundo Poker, ele comentou a conquista. “Foi uma sensação incrível, o suspense ter durado até o último evento foi louco e fez ficar ainda mais agradável quando eu finalmente ganhei”, disse o craque.

Pra quem não conhece o nick do grego nos feltros online, Kolonias é o “mexican222”. Ele é mais um dos jogadores da elite que estão se dedicando full time para o poker. “A quarentena me ajudou muito para eu evoluir meu jogo, a única coisa que eu tenho feito desde o último mês é estudar poker e jogar poker sem dias de descanso”, contou.

LEIA MAIS: Conheça a história e o estilista por trás da cobiçada “Purple Jacket” do Poker Masters

Além das glórias no poker online, Alexandros atingiu o ápice da carreira no segundo semestre do ano passado. Ele foi o grande campeão do Main Event da WSOP Europa, levando € 1.133.678 e o primeiro bracelete da carreira. Ele considerou uma mudança de patamar na carreira e lembrou um ponto importante para o sucesso.

“Eu penso que sim, além disso, nos últimos dois anos eu levei o poker mais a sério como nunca tinha feito antes”.

Também não poderia passar batido quem é o jogador brasileiro preferido de Kolonias. Além de elogiar no geral, ele não ficou em cima do muro. “Eu gosto dos jogadores brasileiros porque todos eles são muito agressivos! Eu penso que João Simão é o melhor e também acho que ele é um cara muito legal”, apontou.

Quando era jovem, Kolonias chegou a jogar tênis no mais alto nível competitivo da idade e até enfrentou Novak Djokavic aos 14 anos. “Perdi no terceiro set para ele em um campeonato europeu”, contou, lembrando que a sensação de vencer no poker e no esporte da adolescência é “igual”.

Depois das quadras de tênis, Kolonias chegou a ser profissional de gamão, como outros craques do poker brasileiro foram. Entre as raquetadas e os esportes mentais, o futuro é claro para o grego: “espero ganhar muitos, muitos troféus ainda no poker”.

Kolonias com o bracelete da WSOP Europa

Continue Lendo

Geral

Vice do Main Event do Poker Masters, recreativo venezuelano é um famoso treinador de cavalos de corrida; saiba mais

Giuseppe Iadisernia embolsou uma baita forra de US$ 750.750

Publicado

em

Postado Por

O Main Event do Poker Masters, com buy-in de US$ 51.000, atraiu a nata do poker mundial. Entre as 77 entradas, a grande maioria eram os craques do online, aqueles jogadores high stakes bem conhecidos do público. Mas entre eles também haviam alguns, embora poucos, jogadores recreativos. Um deles era Giuseppe Iadisernia.

O nome com jeitão típico italiano e a bandeirinha do Reino Unido no partypoker até podem confundir, mas ele é venezuelano. Pepe, como é conhecido, não se intimidou com a concorrência qualificada, alcançou a mesa final e deixou para trás nomes como Steve O’Dwyer, Ole Schemion e David Peters. Só parou no heads-up contra Linus Loeliger. Levou US$ 750.750 pelo vice-campeonato.

Mas, afinal, quem é esse recreativo venezuelano que jogou um torneio de US$ 51.000? Giuseppe Iadisernia é um famoso treinador de cavalos de corrida do mundo. Sim, é exatamente isso. O venezuelano ganhou fama nesse meio com diversas conquistas. De acordo com o site “Equibase”, Pepe fez fortuna de quase US$ 5.000.000 com as corridas entre 2004 e 2016.

LEIA MAIS: Com emoção! Alexandros Kolonias vence o último evento do Poker Masters, supera russo no ranking e leva o “Purple Jacket”

Uma das curiosidades que tornam Giuseppe ainda mais intrigante é que ele é um Adventista de Sétimo Dia. Os adventistas possuem um estilo de vida religioso onde o sábado é obrigatoriamente o descanso semanal. Portanto, o venezuelano não trabalha aos sábados, nem seus cavalos treinam neste dia. Ele abriu mão de diversas corridas ao longo da carreira por essa questão.

O veterano tem no poker um hobby e coleciona alguns resultados significativos. Em 2018, viajou para o Caribbean Poker Party e desbancou o field do Super High Roller de US$ 50.000. O título, o seu único em torneios de grande porte, valeu uma forra de US$ 845.000. No ano passado, Iadisernia ainda foi vice no High Roller do WPT Five Diamond e ganhou US$ 278.250.

Os últimos dois anos foram os mais assíduos de Giuseppe em torneios ao vivo. A incrível aparição no Poker Masters, ontem, mostrou que ele está afiado pra continuar incomodando os profissionais no futuro. Assim como seus cavalos fazem nas pistas.

Continue Lendo

Poker Masters

Com emoção! Alexandros Kolonias vence o último evento do Poker Masters, supera russo no ranking e leva o “Purple Jacket”

Em uma única tacada, o grego levou o bi na série e desbancou Artur Martirosyan

Publicado

em

Postado Por

Além do Main Event, o último dia do Poker Masters contava com um evento paralelo e muito suspense envolvido com o desfecho do ranking do circuito. Não tinha como ser diferente: foi com emoção! Com todos os possíveis candidatos eliminados no Main Event, os holofotes se voltaram para o Evento #30 (US$ 10.300 6-Max) que virou decisivo para a disputa.

O então líder Artur Martirosyan precisava apenas secar seus concorrentes diretos e o viu Timothy Adams e Ali Imsirovic, vice e 3º colocados do ranking, serem eliminados antes do dinheiro. Ao garantir o ITM, tudo parecia encaminhado para o russo. Mas tinham duas pedras ainda no caminho: Linus Loeliger caminhava bem no Main Event e o grego Alexandros Kolonias tentava surpreender no Evento #30.

Com os dois torneios acontecendo simultaneamente, a disputa ficou emocionante. Para o azar do russo, a noite foi de Alexandros Kolonias. Quarto colocado no ranking no início dia, o grego embarcou como franco-atirador e não quis saber da concorrência. Ignorou o título de Loeliger no evento principal e viu o caminho ficar livre após Martirosyan ser eliminado em 5º lugar na mesa final do último torneio.

LEIA MAIS: Linus Loeliger é o grande campeão do Main Event do Poker Masters, fatura o bi na série e prêmio milionário

Com uma atuação brilhante, assim como mostrou durante todo o Poker Masters, Kolonias amassou a mesa final e foi o campeão do Evento #30. O título fez com que ele somasse os pontos necessários para superar Martirosyan e terminasse como o grande vencedor do ranking do circuito, levando o icônico “Purple Jacket” e um prêmio extra de US$ 50.000.

Kolonias, que no ano passado venceu o Main Event da WSOP Europa, ainda ganhou US$ 367.782 pela cravada no torneio. Ele superou o field complicado de 146 entradas e nomes como Mustapha Kanit e Chris Kruk na mesa final, além do rival direto Martirosyan. O grego é muito conhecido no online pelo nick “mexican222”.

No final das contas, a regularidade de Kolonias foi premiada. Ao lado de Adams, ele foi o jogador que mais conquistou ITMs no Poker Masters. Foram 11 no total e dois títulos na conta, além de ter faturado US$ 1.266.296 com todos os prêmios somados. O grego terminou com 1.191 pontos, enquanto Martirosyan e Loeliger fecharam o top 3 do ranking com 1.048 e 1.037 respectivamente.

Confira a premiação dos finalistas do Evento #30: 

1º – Alexandros Kolonias – US$ 367.782

2º –  Jason Mcconnon – US$ 248.200

3º – Mark Demirjian – US$ 175.200

4º – Mustapha Kanit – US$ 124.100

5º – Artur Martirosyan – US$ 91.250

6º – Chris Kruk – US$ 60.590

O “Purple Jacket” tem um novo dono: Alexandros Kolonias

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS