Slider
Siga-nos

ONLINE

MUNDO POKER REVIEW: Fernando Olimpio comenta estouro da bolha do ITM do SCOOP de $ 2.100 em mão ganha por Pedro Garagnani “pvigar”

Jogada colocou o craque do Ninetales como chip leader na decisão

Publicado

em

Foto: Arthur Oliveira

O Brasil tem quatro jogadores na decisão do SCOOP de US$ 2.100 (Ev #64-H). Como de costume, o Dia 1 é jogado até o estouro da bolha do ITM, para que os finalistas voltem para a disputa no dia seguinte já premiados.

A última mão jogada no Dia 1 em uma das mesas foi justamente uma com um de nossos representantes. Pedro Garagnani conseguiu puxar um belíssimo pote, eliminou o adversário na bolha e de quebra, assumiu a liderança do chip count.

LEIA MAIS: Há quase 10 anos, Caio Pimenta jogava o maior buy in da história do país e encarava os melhores do mundo; relembre

A mão é um grande cooler, principalmente por se tratar de guerra de blinds. Chamamos o comentarista do Mundo Poker, Fernando Olimpio, para analisar a linha de raciocínio dos dois jogadores.

Primeiro, veja como foi a mão:

A analise de Fernando Olimpio vem logo em seguida. Confira na integra:

“O pré flop de limp e chek back é standard, não precisa agressivar pois são mãos de equidade e não de valor. Flop o small tem combo draw que pode jogar de duas formas: check call ou check raise (o check raise na minha opinião coloca muita pressão na bolha, acho bem nice). O BB faz um size flop de menos de 50% e obviamente não pode jamais foldar para o check raise, sendo que o board está bem carregado de draws! Turn é um 7 que completa uma possiível sequência – já tinha uma no flop –  e o SB vai pra mais uma size carregado que representa muita força, mas ele ainda pode estar fazendo com alguns Jx e Qx flush draw, ou simplesmente uma Q ou um J de ouros. Acho bem justo esse call turn. River o SB põe o BB em all-in onde ele polariza – ou ele tem tudo, ou não tem nada -, sendo que o river foi uma blank, acho super válido esse hero call river, ainda mais tomando em conta o perfil do seu adversário que é bem agressivo”

“Temos que levar alguns pontos em consideração, eu respeito muito o ITM, e acho que a maioria dos profissionais também, se é uma decisão close (próxima) eu tenderia a foldar! Porém, levando em conta o fator bolha em um outro ponto de vista, aumenta a frequência de blefes para pressionar o ITM.  A mão especifica foi jogada de bluff catcher e esse river é perfeito para dar o hero call, sendo que o draw original de flush falhou, porém seu adversário ainda tem muitos combos de blefe ao meu ver! Na minha opinião foi um nice call river, e ambos os players jogaram muito bem”

Gostaram da analise do nosso craque? Fernando é comentarista do Mundo Poker e PokerTv desde novembro de 2019. Recentemente, cravou o US$ 55 Dailly Supersonic no PokerStars e pode ser encontrado de vez em quando em seu canal na Twitch.

Fernando Olimpio em ação durante o BSOP Millions – Foto: Arthur Oliveira

ONLINE

BBS: Romeno pega blefe mal sucedido e “entra de carrinho” pouco depois para eliminar Yuri Martins na semi FT do Main Event

“SickH!l@” foi o carrasco do brasileiro

Publicado

em

Postado Por

Uma das grandes esperanças de título para o Brasil no Evento #204 (US$ 530 8-Max Main Event) da Bounty Builder Series acaba de deixar a disputa. Yuri Martins, o “theNERDguy”, foi eliminado na 13ª colocação, levando US$ 20.251.

Yuri começou o Dia Final com 624.785 fichas, na média entre os brasileiros, mas logo se destacou e foi para as primeiras colocações, chegando a ter 18 milhões de fichas quando restavam apenas 3 mesas. Até que duas mãos custaram caro para o jogador paranense.

O dono de dois braceletes da WSOP defendeu o big blind com J9 e optou pelo check raise no flop 8KT. Jogando no botão, “SickH!l@” deu call. Turn 2 e a pancada foi grande, mas o romeno não foi a lugar nenhum. No river, um 8 dobrou na mesa e nenhum dos draws completaram, fazendo o brasileiro abortar o blefe.

LEIA MAIS: Streamer Egption pensa por cinco minutos, folda trinca para Juan Pardo e recebe showdown horrível

O vilão apresentou QQ e puxou um pote de 15 milhões de fichas, fatiando metade do stack do brasileiro. Poucas mãos depois, o romeno terminou o serviço. Ele deu raise do UTG com 34 off e após all in de 13 big blinds do brasileiro, efetuou o call. Yuri tinha AK, mas ficou atrás logo no flop 4QJ. Turn J e river 7 selaram a eliminação do brasileiro.

Com US$ 168.785 para o campeão, o Brasil tem 4 representantes na FT. “PaulinoBR”, “santaceia”, Francisco Corrêa “chicaltreta” e Pedro Padilha “PaDiLhA SP” vão em busca do título e da forra absurda, já que o valor do prêmio não inclui os bounties. A expectativa é de mais de US$ 300 mil para o grande vencedor.

Confira as duas mãos da eliminação de Yuri Martins:

Continue Lendo

Notícias

Em busca do tetra, Michael Addamo lidera a mesa final do Super MILLION$ High Rollers do GGPoker

O australiano é o “dono” do cobiçado torneio high stakes

Publicado

em

Postado Por

Depois de um mês, o Super MILLION$ High Rollers de US$ 10.300 de buy-in não terá nenhum jogador brasileiro lutando na mesa final. Apesar desse detalhe, a decisão do torneio que será realizada amanhã (27) vai contar com jogadores de altíssimo nível e uma façanha fantástica pode acontecer: o tetracampeonato do craque Michael Addamo.

O australiano é o único jogador que tem mais de um título do torneio do GGPoker e está em excelente condição para conseguir mais um. Ele é o chip leader da FT com 3.221.339 fichas, o equivalente a 89 big blinds. Atrás dele aparece o russo Artur Martirosian, buscando sua segunda cravada no torneio, com 2.859.117 fichas.

LEIA MAIS: Renato Valentim tem domingo dos bons com mesas finais na Bounty Hunter Series e Bounty Builder Series

A seleção de craques ainda conta com Joakim Andersson, algoz de Felipe Mojave e vice-campeão da semana passada, com 2.815.750, Niklas Astedt (1.737.093), Mark Radoja (1.180.578) e o português João Vieira (1.050.602). O field do torneio contou com 154 jogadores inscritos e superou o garantido de US$ 1,5 milhão.

Por enquanto, os nove finalistas já garantiram a forra de US$ 42.435, mas querem mesmo é buscar a glória e o prêmio máximo de US$ 324.053. A FT será amanhã às 15h e os blinds retornam em 18.000 / 36.000.

Confira o chip count:

Michael Addamo – 3.221.339

Artur Martirosian – 2.859.117

Joakim Andersson “MrGambol” – 2.815.750

Niklas Astedt – 1.737.093

Mark Radoja – 1.180.578

João Vieira – 1.050.602

Georgios Manousos – 866.053

“Nator” – 836.705

Roman Emelyanov “RRomashka” – 832.763

Continue Lendo

Notícias

Felipe Mojave e Fedor Holz fazem review da cravada do brasileiro no US$ 10.300 Super MILLION$

Durante a programação, serão realizados três freerolls

Publicado

em

Postado Por

Para quem ficou impressionado com a performance do Felipe Mojave no Bounty Hunter Series #112: US$ 10.300 Super Millions do GGPoker há duas semanas, não pode perder a live exclusiva do craque com o colega e também embaixador do site Ferdor Holz.

A chance de você perguntar o que quiser sobre o torneio, que garantiu a maior forra do brasileiro no online além do título de campeão, é agora! A partir das 16h, os players se encontram no canal do GGPoker na Twitch para destrinchar todos os detalhes do Super Millions.

LEIA MAIS: Streamer Egption pensa por cinco minutos, folda trinca para Juan Pardo e recebe showdown horrível

Além disso, quem participar pode ser um dos ganhadores dos três freerolls que acontecerão durante o encontro e um nesta terça-feira (27). E as boas notícias não param por aí, assim como a Live que fez com Daniel Negreanu, Felipe Mojave irá disponibilizar um vídeo com legendas no YouTube em breve.

 

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS