Slider
Siga-nos

ONLINE

Jonathan Wolter comenta mesa final do ME da Summer Series e queda em cooler gigante: “foi bem dolorosa”

O craque do Cardroom Team fez bonito no encerramento da série

Publicado

em

Chegar ou ficar com um grande stack em qualquer mesa final e acabar caindo nas primeiras colocações é uma situação que nenhum jogador gosta de passar. Ainda mais quando a decisão é das grandes. Foi o que aconteceu com o profissional Jonathan Wolter na cobiçada mesa final do Main Event High da Summer Series, com buy-in de US$ 530.

Jonathan teve um desempenho sólido e estava jogando muito bem a FT. O torneio estava no 7-handed e o paranaense era o 2º colocado em fichas com certa folga, inclusive. Uma mão que parecia despretensiosa e um flop cruel acabaram atrapalhando o caminho que parecia traçado rumo às primeiras colocações.

O “jwolter” se envolveu um cooler enorme contra o chip leader Sam Grafton, o “SamSquid”, um dos principais nomes do poker mundial. Ele abriu raise com 44 do botão, viu o britânico dar um 3-bet do big blind e defendeu o pote. Acertou logo a trinca no flop Q4T, mas mal sabia que estava em uma péssima situação.

Grafton tinha QQ e o pote acabou com todas as fichas do brasileiro nas mãos do grinder inglês. Clique aqui para conferir a jogada com todos os detalhes. “Como eu era o segundo em fichas naquele momento, a queda foi bem dolorosa. Frustração foi o sentimento dominante nas primeiras horas, não posso negar”, disse Jonathan, que levou US$ 23.526 pelo 7º lugar.

LEIA MAIS: Pedro Garagnani celebra big hit no GGN8, comenta vices no SCOOP e transição para o high stakes: “processo de adaptação”

Dois dias se passaram e o craque já está com a cabeça mais tranquila. “Claro que ainda fica um restinho dessa sensação, mas agora já consigo olhar mais de longe e sentir alegria, gratidão e realização. Apesar da trave, foi o segundo maior prêmio da minha carreira, e pra chegar até ali sei que fiz o meu melhor. Ainda não sou um regular dos $530, então fiquei muito feliz com meu desempenho e em alcançar a mesa final de um torneio como esse”.

Jonathan é um dos jogadores do Cardroom Team e está perto de completar dois anos de “casa”. Ele contou também um pouco sobre o ano e como está sendo o atual momento.

“Tenho muito orgulho de fazer parte desse time. 2020 tem sido fantástico. Tenho estudado bastante, afinando diversas partes do meu jogo e nunca estive tão confiante. Amo o que faço e aprendi a aproveitar o processo, independente de ter um dia positivo ou negativo. Os resultados são consequências disso tudo. A gente não pode controlar quanto ganha, mas pode controlar o quanto de dedicação aplicamos ao game”, comentou.

Jonathan em ação no BSOP Millions

Análise da jogada depois do torneio

“Nenhum player domina o jogo por completo, e eventualmente surgem spots bem duvidosos. Esse foi um deles. Não tenho muita certeza sobre o pré-flop da mão. O Sam é um grande jogador, e eu tinha pouquíssima informação sobre o jogo dele. Em geral, quando se chega numa mesa final desse porte, o chip leader tende a tomar uma postura mais agressiva para pressionar os outros stacks, então parti desse pensamento. Nós dois estávamos bem deep e o 44 não é uma mão que vai me trazer muitos problemas. O pós-flop com esse combo tende a ser bem simplificado. E quando eu acertar, tenho a oportunidade de ficar gigantesco, aumentar minhas chances de cravar o torneio/ganhar mais bounties e etc”, pontuou o paranaense.

“O pós-flop foi uma situação rara de set over set, então anota na conta do cooler (risos). Enfim, é um spot para ser estudado depois com mais calma. Conversei com alguns amigos, com meu time e ouvi diversas opiniões diferentes. Difícil dizer com absoluta certeza o que é certo ou errado”, finalizou Wolter.

Notícias

VALEU DEMAIS! “Pittol_02” crava WCOOP Side Event: US$ 5.50 NLHE e Gabriel Tavares vence Hot US$ 109 do PokerStars

Rafael Furlanetto foi bronze no Daily Cooldown US$ 109

Publicado

em

Postado Por

(Crédito: Reprodução Instagram)

Os brasileiros deram um show no PokerStars nesta sexta-feira (18). No WCOOP Side Event: US$ 5.50 NLHE [7-Max], “Pittol_02” deixou os 9.814 para trás, faturando US$ 6.509.

Já no Hot US$ 109 [KO Progressivo], Gabriel Tavares, à frente da conta “gtavares10”, se consagrou campeão entre os 197 participantes, ganhando US$ 4.771. Além disso, no Daily Cooldown US$ 109 [8-Max,Turbo, Progressive KO], Rafael “pycadasgalax” Furlanetto garantiu a medalha de bronze do field de 773 concorrentes, puxando US$ 4.637.

LEIA MAIS: Fabiano Kovalski usa tamanho de aposta duas vezes maior que o pote com top full house em mesa final no WCOOP; confira

LEIA MAIS: Melhores do Twitter: Reação dos players ao novo capítulo de Mike Postle, anúncio bombástico de Max Silver e lembrança de Hellmuth em voo particular

Enquanto isso, no Daily Supersonic US$ 55 [6-Max, Hyper-Turbo], Pedro “ToninhoBet” Marte foi vice entre os 570 competidores, levando o prêmio de US$ 3.772. No WCOOP Side Event: US$ 55 NLHE [7-Max], “EngDentix” terminou na 5ª colocação do field de 1.889 inscritos.

Pela performance, o player recebeu US$ 3.174. E no US$ 11 Mini Fast Friday [8-Max,Turbo, Late Edition], “MPoker582” garantiu o lugar mais alto do pódio entre os 2.397 adversários, puxando US$ 3.046;

Continue Lendo

Notícias

Brasileiro “getaxc56” se destaca ao fazer duas mesas finais no GGN8 Network nesta sexta

“Sr Saraiva” foi campeão do Evento #23 do GGSOP

Publicado

em

Postado Por

A bandeira verde e amarela chamou atenção mais uma vez no GGN8 Network. Nesta sexta-feira (18), “getaxc56” fez mesa final em dois torneios, faturando US$ 11.711.

No High Rollers Main Event $1K, ele conquistou a medalha de bronze do field de 54 competidores, ganhando US$ 7.840. Já no Bounty King $315, “getaxc56” ficou no 7º lugar entre os 247 inscritos, puxando US$ 3.871.

LEIA MAIS: Melhores do Twitter: Reação dos players ao novo capítulo de Mike Postle, anúncio bombástico de Max Silver e lembrança de Hellmuth em voo particular

LEIA MAIS: EM BREVE! Nick Schulman anuncia volta do programa de cash game High Stakes Poker para este ano; saiba mais

Além disso, no GGSOP #23: $25 Double Stack No Limit Hold’em, “Sr Saraiva” se consagrou campeão ao deixar os 1.811 concorrentes para trás, levando US$ 6.272.

Enquanto isso, no GGSOP #22: $25 GGMasters, “sugarbaby” foi vice do field de 2.214 participantes, recebendo US$ 5.409.

E no Daily Special $50, “mlonetto” deixou os 622 jogadores para trás e conquistou o lugar mais alto do pódio, faturando US$ 5.205.

Confira os resultados de sexta:

Evento Jogador Colocação Prêmio
Daily Monster Stack $200 Hermogenes “VORAZ 74” Gelonezi US$ 4.698
Bounty Hunters Special $210 “DROGBALAAA” US$ 4.237
High Rollers Supersonic Bounty $525 Douglas “SEPOLAGUOD” Lopes US$ 3.552
Bounty Hunters Special $31.50 “CoiceDeMula” US$ 3.377

Continue Lendo

ONLINE

Fabiano Kovalski usa tamanho de aposta duas vezes maior que o pote com top full house em mesa final no WCOOP; confira

A jogada do brasileiro surpreendeu comentarista Sam Grafton

Publicado

em

Postado Por

Fabiano Kovalski desfilou seu talento na mesa final do Evento #59-H do WCOOP. O jogador catarinense dominou o torneio de US$ 5.200 de ponta a ponta no Dia Final e celebrou o tricampeonato na série mais importante do PokerStars em grande estilo. Uma das mãos marcantes da caminhada de Kovalski aconteceu no 4-handed.

Nos blinds 35.000 / 70.000, o jogador “MaxHendrix” deu limp do small blind e Kovalski, com , aumentou para 210.000 fichas no big blind. O russo pagou e eles viram o flop . Com top trinca, o catarinense apostou 108.500 fichas e tomou call. O turn foi um arisco e ambos pediram mesa. O river foi perfeito para Kovalski: , dando um full house.

LEIA MAIS: Rafael Furlanetto, o “pycadasgalax”, conta trajetória no poker e emoção com o bicampeonato no WCOOP: “muito especial”

Com um monstro, o craque tinha uma decisão que não era tão simples: qual o tamanho de aposta perfeito para extrair valor? O board tinha 672.000 fichas e “MaxHendrix” um stack de 1.242.368. Assim, Kovalski decidiu simplesmente colocar o rival em all in, fazendo uma aposta de mais que o dobro do pote.

“MaxHendrix” tinha trinca com e não conseguiu escapar da eliminação. O size escolhido pelo craque do Samba Team surpreendeu Sam Grafton, que estava comentando na Twitch do PokerStars. O britânico fala que “Kovalski pode pensar que Max tem um 9 muitas vezes, então pode diminuir o size muitas vezes”. Quando viu a decisão do brasileiro, ele falou. “Ok, eu estou completamente errado”.

Confira como foi:

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS