Slider
Siga-nos

Circuito Sertanejo

DECISÃO: ranking do Circuito Sertanejo irá distribuir dois carros 0km na próxima semana

Diego Gomes de Abreu tem ampla vantagem na liderança, com MestreFilipe em segundo

Publicado

em

A 5ª e decisiva etapa do Circuito Sertanejo de Poker acontece na próxima semana. A partir do dia 28, um satélite e dois classificatórios serão jogados no No Limit e Espaço Kings, clubes parceiros. Entre os dias 30 de agosto e 02 de setembro, o Resort do Lago, em Caldas Novas – GO, será o palco do evento que vai definir os vencedores da temporada.

Os dois melhores jogadores do ranking levarão um carro 0km para casa. Quem está próximo de comemorar essa conquista é Diego Gomes de Abreu. O mato-grossense possui 2.245 pontos e segue com folga na liderança do ranking, tendo que cair para terceiro para perder o prêmio.

Quem está mais próximo de Diego é o craque Luiz Filipe de Andrade, o MestreFilipe. O curitibano soma 1.446 pontos e está bem distante do líder. Ivan Cardoso Abadesso, com 1.318 pontos, fecha os três primeiros colocados.

Ainda na casa dos 1.000 pontos, mas correndo por fora na disputa, aparecem José Vanderlei Lisboa, com 1.156 e Jomar Guerra, atual campeão do Main Event, com 1.044.

No total, serão 5 eventos, com destaques para o BPL Experience R$ 50 mil garantidos – que conta com promoção imperdível – e o Main Event, com R$ 130 mil garantidos.

SATÉLITES

O Espaço Kings, clube de Brasília, distribuiu 8 vagas para o Circuito Sertanejo de Poker nesta quinta-feira (22). O satélite para o torneio contou com 4 vencedores.

O Monster Stack, principal torneio da casa, premiou os 4 primeiros colocados com uma vaga, além da premiação normal. Foram eles: Hudson Nascimento, Henrique Leal, Luiz Bezerra e Jonatan Staygler.

Circuito Sertanejo

Em ótima fase, Ericson Antunes explica adaptações no jogo e mira rankings do KSOP e Sertanejo: “vamos para a disputa”

O gaúcho fez mesa final nas últimas duas edições do Main Event do KSOP

Publicado

em

Postado Por

(Crédito: KSOP)

Um dos nomes que está arrebentando nos circuitos ao vivo no início de 2020 é Ericson Antunes. O gaúcho de Passo Fundo está colhendo resultados por onde passa e também aparece na briga pelos rankings do KSOP e do Circuito Sertanejo após as primeiras etapas de ambos. O sucesso atual é motivo de felicidade para o regular.

“Vejo essa boa fase com bons olhos, porque adaptei e fiz algumas mudanças em meu jogo. Vem dando muito certo, tanto é que estão aí os resultados recentes”, disse Ericson.

Para manter a boa fase, o gaúcho tem a receita na ponta da língua. “Vejo que os jogadores perdem suas fichas com erros bobos por falta de concentração ou distração na mesa e nesse quesito estou me cuidando e policiando bastante na mesa porque não é nada fácil fazer isso em um torneio de poker”, explica.

Ericson conseguiu um belo hit no final do ano passado quando ficou em 5º lugar no Main Event do KSOP Rio de Janeiro. Já em 2020, ele não deu chance para a concorrência e cravou o evento principal do Circuito Sertanejo, em Cacoal, Rondônia. A sequência foi o back-to-back na FT do KSOP Rio de Janeiro, mas, desta vez, ele foi vice-campeão e levou a forra de R$ 200.000.

Outra curiosidade sobre a carreira do gaúcho é que ele participa do KSOP desde os primórdios do evento. Já são três mesas finais de Main Event e muitas experiências. Ele comentou sobre a trajetória de sucesso do evento até 2020.

“A evolução do field do KSOP foi muito grande e boa para o próprio evento. Bem lá no início do KSOP tínhamos jogando quase somente jogadores recreativos e agora temos vários times online e regulares por conta prestigiando o mesmo. Isso com certeza eleva muito o nível”, crava Antunes.

Ericson com o troféu de segundo lugar do KSOP Rio de Janeiro

Na ponta dos rankings

O início arrasador de Ericson o fez aparecer como líder do ranking do Circuito Sertanejo e 5º lugar no do KSOP. Disposto a brigar por ambos, o gaúcho lembrou da única e boa experiência que teve quando concorreu a um ranking.

“Vamos para a disputa. O único que disputei foi o do Catarinense em 2010 e, inclusive, fui campeão. Foram 9 etapas e fiz 9 FTs, foi muito bom aquele ano mas agora claro que é muito mais difícil. Temos que ir com calma, etapa a etapa, para conseguir algo muito grande para o final de ano”, revelou.

O bom momento de Ericson teve sequência no último final de semana. O regular participou de um torneio no Casino Iguazú, na Argentina, e ficou na terceira colocação. O torneio teve buy-in de R$ 1.100 e arrecadou R$ 218.000, superando o garantido de R$ 100.000 com facilidade. O gaúcho explicou um pouco de sua relação com o poker.

“É de seriedade e profissionalismo, e também porque sou extremamente apaixonado pelo poker e amo o que eu faço. Poker online jogo quase nada até porque viajo muito para os lives e geralmente são viagens longas e cansativas, sem contar com a maratona do torneio ou evento em si”, finaliza Ericson.

Ericson quando venceu a primeira etapa do Sertanejo

Continue Lendo

Circuito Sertanejo

Com duas mesas finais, incluindo título do Main Event, Ericson Antunes larga na frente no ranking do Circuito Sertanejo

Ao fim da temporada, os dois primeiros colocados levarão um carro 0km

Publicado

em

Postado Por

(Crédito: KSOP)

Foi dada a largada na temporada 2020 do Circuito Sertanejo de Poker. A cidade de Cacoal recebeu a primeira etapa do festival que marcou a estreia da Kings Eventos no Norte do país.

Apesar do grande público local, quem fez a festa foi um intruso. O gaúcho Ericson Antunes fez mesa final do Warm-up e cravou o Main Event, após acordo no 3-handed, saindo na ponta do ranking, com 605 pontos.

Assim como na temporada anterior, quando Diego André ficou com o título e Mestre Felipe com o vice, os dois primeiros colocados levarão um Renault Kwid 0km.

Ronnie Juan e Robson de Souza, companheiros de pódio de Ericson no Main Event, completam o trio que aparece na ponta. Isso mostra e importância dos torneios paralelos na disputa, já que o gaúcho aparece na liderança graças a nona colocação no Warm-up.

LEIA MAIS: Em ótima fase, Ericson Antunes explica adaptações no jogo e mira rankings do KSOP e Sertanejo: “vamos para a disputa”

Quarto colocado no Main Event, Pedro Felizardo aparece logo atrás, com Diego André fechando o top 5. O atual campeão pontuou em três torneios, com direito a dois trofeus.

Neilson Amaral, Fernando Henrique, Mario Seifert, Welliton Rosa e Leciano Telles fecham a tabela dos 10 primeiros. A segunda etapa, ainda sem local definido, está programada para acontecer no mês de maio. O Mundo Poker trata todas as informações desse evento que movimenta o poker na região mais sertaneja do país.

Confira os 10 primeiros do ranking do Sertanejo:

1- Ericson Antunes – 605 pontos

2-  Ronnie Juan – 525 pontos

3-  Robson de Souza – 525 pontos

4-  Pedro Felizardo – 490 pontos

5-  Diego André Abreu – 461 pontos

6- Nielson Amaral – 455 pontos

7- Fernando Henrique – 420 pontos

8- Mario Seifert – 400 pontos

9- Welliton Rosa – 360 pontos

10 – Leciano Telles – 350 pontos

Continue Lendo

Circuito Sertanejo

Gaúcho Ericson Antunes crava o Main Event do CSP e faz a festa em Rondônia: “É bom demais ganhar”

O regular já havia feito mesa final do Warm-up nesta etapa

Publicado

em

Postado Por

Foto: Arthur Oliveira

A primeira etapa do Circuito Sertanejo de Poker 2020 marcou o primeiro torneio da Kings Eventos na região Norte do país. Com um grande público de jogadores locais, quem fez a festa em Rondônia foi o gaúcho Ericson Antunes.

Chip leader desde quando o torneio tinha três mesas, Ericson superou o field de 342 entradas e levou R$ 28.000, após acordo no 3-handed. Ele bateu o bom jogador Ronnie Perin no heads-up.

“A felicidade vem agora, o cara começa a relaxar, devanear, longe da família. É gratificante, estou indo para o Rio ainda, não vou para casa, tem o KSOP, a luta continua, mas é gostoso demais. Levar o troféu de primeiro colocado, num field desse, num clima adverso, eu sou do Sul, não estou acostumado com um calor desses, da mais glória a vitória”, comemorou o campeão, ainda extasiado após uma maratona de 15 horas no Dia Final.

LEIA MAIS: Circuito Sertanejo: Campeão do Main Event do BSOP em 2018, Tiago Magalhães fica com o título do High Roller

LEIA MAIS: Mario Seifert encontra seus outs, mas vê adversário acertar runner runner e é eliminado na FT do Main Event do CSP

Ericson vem de um quinto lugar no Main Event do KSOP Rio de Janeiro. Na ocasião, ele faturou mais de R$ 100 mil. O jogador tem bagagem de sobra e contou para o MundoPoker um pouco da sua trajetória: “já cravei um ISOP na Argentina, busquei prêmios no Uruguai, não títulos, mas mesas finais. Fora do Rio Grande do Sul, mais títulos em Santa Catarina”.

Na noite de sábado, Ericson saiu frustado do High Stakes. Ele era o chip leader na mesa semi-final, mas acabou bolhando o ITM. “O poker é fascinante por causa disso, ele é um eterno aprendizado. Tinham 14 jogadores e eu era chip leader, cai em décimo, na bolha da FT e do dinheiro. Fui para o quarto, tiltei, e pensei onde eu errei, para não repetir. Botei em pratica hoje e deu certo. Aprender sempre com os erros e concentrar em jogar o jogo, o resto deixa o baralho fazer”, comentou.

Apesar de ter sido um visitante ingrato, levando o troféu de campeão para o Sul, Ericson se desmanchou em elogios sobre o field do Norte. “Pessoal aqui é totalmente amigável. Tinha amigos que já foram para o KSOP, no final do ano, uma galera que eu já conhecia, uns que eu nem lembrava, mas uma experiência 100%. Se me convidassem de novo, viria sem problema nenhum”, disse.

Ericson recebeu das mãos de Moisés Moraes, CEO da Kings Evento, o troféu de campeão

Emocionado, ele ofereceu a vitória para a família: “vai para a mulher em casa e os filhos. É bom demais ganhar e levar esse título para casa”. Com o oitavo lugar no Warm-up e o título do Main Event, Ericson deve aparecer na liderança do ranking do CSP. O campeão vai levar um Renault Kwid 0km.

Confira a premiação dos finalistas:

1º – Ericson Antunes – R$ 28.000*

2º – Ronnie Perin – R$ 22.000*

3º – Robson de Souza – R$ 16.000*

4º – Pedro Felizardo – R$ 9.000

5º – Nielson Amaral – R$ 7.000

6º – Fernando Henrique – R$ 5.500

7º – Leciano Telles – R$ 4.000

8º – Mario Sfeiter – R$ 3.000

9º – Igor Garotinho – R$ 2.500

*valores definidos após acordo no 3-handed

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS