Slider
Siga-nos

ONLINE

Christopher Frank dá show na mesa final e é campeão do quarto Main Event da High Roller Series

O jovem alemão tem um currículo impressionante

Publicado

em

Entre tantos jogadores de poker talentosos do mundo, Christopher Frank merece um espacinho na sua lista. Apesar dele não estar na prateleira dos mais famosos, o jovem de apenas 25 anos já tem um currículo pra lá de invejável. Nesta terça-feira (28), ele acrescentou mais um ponto marcante em sua jornada ao se consagrar o campeão do Main Event da High Roller Series.

Frank, também conhecido no mundo virtual pelo nick “lissi stinkt”, deu show ao superar o field total de 283 entradas do quarto evento principal da série do PokerStars. O título do torneio rendeu uma belíssima forra de US$ 270.090 para o alemão. No Dia Final do torneio, ele mostrou as credenciais de quem sabe muito do jogo para levar o título.

Após começar o dia com o 2º maior stack entre os 16 sobreviventes, Frank em nenhum momento do torneio passou por adversidades. Conseguiu controlar a boa pilha que tinha até a FT. Gradativamente e com o início da decisão que teve mais de uma hora sem eliminações, o jovem foi subindo as fichas e tornando a missão dos rivais cada vez mais difícil.

LEIA MAIS: Pedro Garagnani é eliminado por Juan Pardo e cai na mesa semifinal no Main Event da High Roller Series

Após a queda do espanhol Juan Pardo em sexto, o jogo se abriu o “lissi stinkt” de vez. Ele conseguiu abrir boa vantagem na liderança e assim foi construindo, aos poucos, a história do título. Depois da eliminação do canadense Mark Rajoda “AceSpades11” no terceiro lugar, o alemão derrotou o britânico “rickv17” no heads-up.

Agora, além de seu bracelete da WSOP conquistado em 2017, Christopher Frank tem mais uma glória na carreira. Desta vez no online, onde já tinha duas cravadas de SCOOP e uma de WCOOP.  O jovem se juntou a Francisco Benítez “Tomatee”, Conor Beresford “1_conor_b_1” e “Sasuke234”, os jogadores que venceram o Main Event desta edição (interminável) da High Roller Series.

Confira a premiação dos finalistas:

1º – Christopher Frank “lissi stinkt” – US$ 270.090

2º – “rickv17” – US$ 202.357

3º – Mark Radoja “AceSpades11” – US$ 151.610

4º – “WATnlos” – US$ 113.589

5º – “APonakov” – US$ 85.104

6º – Juan Pardo “Malaka$tyle” – US$ 63.761

7º – “Dajvey” – US$ 47.771

8º – “HITRII999” – US$ 35.791

9º – “3DTemujiN” – US$ 29.637

Notícias

Os Melhores do SCOOP: A impressionante saga de Murilo Figueredo com oito mesas finais e um título

O craque mostrou toda a sua versatilidade e fez chover na série

Publicado

em

Postado Por

O gigantesco SCOOP 2020 terminou e deixou histórias marcantes eternizadas para o poker. O Mundo Poker irá lembrar de feitos impressionantes em sete capítulos. O segundo é a impressionante série de Murilo Figueredo. O craque catarinense, campeão mundial na WSOP do ano passado, terminou como o melhor jogador do Brasil no ranking.

A habilidade de Murilo Figueredo nos Mixed Games mostrou o quanto tornam ele um jogador diferenciado. Foram oito mesas finais na conta e um título somado na trajetória, o seu primeiro no SCOOP, aumentando seu invejável currículo de conquistas. A versatilidade é tanta que foram sete modalidades diferentes nessas oito FTs.

LEIA MAIS: Os Melhores do SCOOP: O pentacampeonato e o recorde de Connor Drinan

O título aconteceu no FL Badugi (Evento #82-H) e rendeu um prêmio de US$ 19.720, mas esse não foi o maior hit do “Muka82”. O maior prêmio veio no Pot-Limit Omaha Hi/Lo, com a terceira colocação, valendo uma forra de US$ 30.943. Curiosamente, só as últimas duas mesas finais aconteceram no Hold’em, já perto do fim da série. As outras foram No-Limit Omaha Hi/Lo, Razz, HORSE e Stud.

“Eu gosto da frase do Muricy. Aqui é trabalho duro, meu filho!”, disse Murilo.

Todo o esforço foi recompensado de forma financeira e na glória da conquista. Além disso, os bons resultados também valeram uma colocação de destaque no ranking do série. Murilo terminou na 6ª colocação com 1.500 pontos, encerrando como o melhor brasileiro. Mais um capítulo memorável na trajetória do craque.

Confira todas as mesas finais de Murilo Figueredo no SCOOP 2020:

Evento #105-M (US$ 530 6-Max Midweek Freeze)

6ª colocação – US$ 11.628

Evento #95-H (US$ 1.050 Sunday Warm Up SE)

7ª colocação – US$ 21.169

Evento #92-H (US$ 530 HORSE)

5ª colocação –US$ 6.132

Evento #82-H (US$ 1.050 FL Badugi)

1ª colocação – US$ 19.500

Evento #63-H (US$ 1.050 Razz)

2ª colocação – US$ 19.720

Evento #53-H (US$ 2.100 Pot-Limit Omaha Hi/Lo)

3ª colocação – US$ 30.943

Evento #49-H (US$ 1.050 Limit Stud)

8ª colocação – US$ 3.087

Evento #21-H (US$ 530 No-Limit Omaha Hi/Lo)

6ª colocação – US$ 6.433

Continue Lendo

ONLINE

Raise, 3-bet, três all ins… mão maluca no Bounty Builder High Roller US$ 530 termina com cooler dos coolers

Dois jogadores brasileiros estiveram envolvidos nessa jogada

Publicado

em

Postado Por

A semana mais tranquila no poker online, com o final das séries, não significa que vai ficar sem jogadas pra lá de interessantes pra gente acompanhar. O torneio diário mais cobiçado do PokerStars atualmente, o Bounty Builder High Roller US$ 530, contou com uma mão pra lá de insana na mesa semifinal.

Dois jogadores brasileiros participaram dela: Victor Teixeira “VICTOR TXR1” e o grinder “2Much$4U_08”. Quem saiu bem feliz dela foi o austríaco “Grozzorg”.

A jogada aconteceu com os blinds 5.000 / 10.000 com antes de 1.250. Confira:

O UTG “blecram” deu raise para 23.000. Segundo a agir, Victor Teixeira decidiu fazer um 3-bet para 69.200 e já deixou a mão quente no início da mesa. Mas mal sabia ele o que estava por vir. A ação chegou no compatriota “2Much$4U_08” em MP2. Ele pensou por alguns segundos e anunciou all in de 260.008.

LEIA MAIS: Ídolo do Arsenal derrota field enorme e crava torneio em clube no partypoker: “absolutamente incrível”

O que parecia louco, ficou ainda mais. Com o segundo maior stack na mesa, “Grozzorg”, logo depois do brasileiro, foi all in por cima de 735.850. Logo depois dele, o alemão “Bolko” não teve dúvidas em também colocar todas as 218.973 fichas na mesa, o terceiro all in seguido. Depois da sequência maluca, “blecram” e Victor Teixeira acabaram foldando a mão.

O showdown revelou o “cooler dos coolers”:

“2Much$4U_08” –

“Bolko” –

“Grozzorg” –

O board foi e garantiu o pote para a melhor mão. Grozzorg ainda recebeu US$ 312,50 pela eliminação de Bolko e US$ 523,43 pela queda de 2Much$4U_08. A dupla se despediu em 17º e 16º e recebeu US$ 972 pelo ITM.

Continue Lendo

Notícias

Os Melhores do SCOOP: O pentacampeonato e o recorde de Connor Drinan

O americano escreveu um capítulo histórico na série do PokerStars

Publicado

em

Postado Por

O gigantesco SCOOP 2020 terminou e deixou histórias marcantes eternizadas para o poker. O Mundo Poker irá lembrar de feitos impressionantes em sete capítulos. O primeiro deles é o surreal aproveitamento de Connor Drinan na série. O americano simplesmente levou CINCO títulos e quebrou um recorde que perdurava desde 2012.

A saga do “blanconegro” começou no Evento #34-H (US$ 530 PLO Hi/Lo). Ao superar 378 inscritos, levou US$ 34.420 pelo título. Apenas dois dias se passaram e Drinan comemorou o bicampeonato no Evento #40-H (US$ 5.200 PLO). Por ter superado 150 oponentes, levou uma baita forra de US$ 152.011.

Depois disso ficou difícil segurar o americano. O tricampeonato veio no dia seguinte com a conquista do Evento #45-M (US$ 215 NL Omaha Hi/LO 6-Max KO Progressivo). Foram 1.052 adversários no field e um prêmio de US$ 28.358.  Três dias se passaram e Drinan faturou o tetra no Evento #56-H (US$ 1.050 HORSE). A cravada valeu US$ 30.232.

LEIA MAIS: Rodrigo Selouan relata sensação após big hit no WPT e primeiros meses do 9Tales: “honra muito grande”

Para fechar com chave de ouro, Connor Drinan foi campeão do Main Event de Pot-Limit Omaha, com buy-in de US$ 10.300. O pentacampeonato rendeu uma forra incrível de US$ 322.264. O feito ficou ainda mais doce por ter superado o finlandês Jens Kyllonem “Jeans89” no heads-up, um dos maiores especialistas do mundo na modalidade.

Connor Drinan reescreveu a história na série. Ele quebrou o recorde de quatro conquistas na mesma edição de Shaun Deeb em 2012. E até provocou de brincadeira no Twitter o compatriota.

“Ninguém gosta de twittar sobre vitórias em torneios de poker, mas parece um pouco obrigatório após conquistar o SCOOP #5 da série no PLO 10k main. Desculpa @shaundeeb”

Os cinco títulos de Connor Drinan no SCOOP 2020:

Evento #34-H (US$ 530 Pot-Limit Omaha Hi/Lo) – US$ 34.420

Evento #40-H (US$ 5.200 Pot-Limit Omaha 6-Max) – US$ 152.011

Evento #45-M (US$ 215 NL Omaha 6-Max Prog. KO) – US$ 28.358

Evento #56-H (US$ 1.050 HORSE) – US$ 30.232

Evento #75-H (US$ 10.300 Main Event PLO) – US$ 322.264

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS