Slider
Siga-nos

ONLINE

Após big hit da carreira, Luiz Constantino ratifica boa fase com quarto lugar no Evento #56-M do WCOOP

O jogador de Santos fez bonito em uma mesa final complicada

Publicado

em

Duas semanas atrás, o jogador Luiz Constantino fez bonito no WPT Online e conquistou uma premiação enorme de quase US$ 150.000 com vitória Micro Main Event. O craque do 4bet Poker Team mostrou que está afim de manter o bom momento e assim fez nesta quarta-feira (16), onde brilhou em um dos torneios do WCOOP.

O “Giant_Santos” do poker online alcançou a mesa final do Evento #56-M (US$ 215 Freezeout Mini Super Tuesday SE) para anotar um belo resultado com a quarta colocação. A recompensa para Constantino foi o prêmio de US$ 22.362. Vale lembrar que o torneio contou com bom field de 2.069 jogadores e durou dias.

LEIA MAIS: Astro do futebol americano, Cody Latimer é demitido depois de tiroteio em home game

Luiz também teve a companhia do jogador Guilherme Zingano “GZingano” na FT. O outro brasileiro terminou na 6ª colocação e ficou com US$ 11.363. O 5-handed do torneio foi dominado pelo irlandês “TheVirus217”. O europeu runnou bem demais e praticamente não deu chance para a concorrência, derrubando um a um até selar o título

Ele foi o algoz de Luiz Constatino também. O santista foi all in de K6 do small blind com 11 big blinds e tomou call do irlandês com A8. O flop A98 ainda deixou o jogador do 4bet Team flush draw, mas turn e river não ajudaram na situação e derrubaram Luiz.

ONLINE

Com prêmio de seis dígitos para o campeão, Fabiano Kovalski coloca Brasil na decisão do Mini Main Event do CPP

Primeiro colocado irá puxar US$ 123.781

Publicado

em

Postado Por

Na versão mais cara do Main Event do Caribbean Poker Party, com buy in de US$ 5.300, Pedro Padilha e Brunno Botteon foram os últimos brasileiros a deixar a disputa, ainda longe da mesa final. Já na versão Mini, com buy in de US$ 530, Fabiano Kovalski colocou a bandeira verde e amarela entre os 8 finalistas.

O torneio contou com 1.487 entradas e superou com folga o garantido de US$ 500 mil. O Brasil poderia ter chegado com três jogadores na decisão, mas Rafael Moraes em 19º, e Pedro Padilha em 20º, deixaram o torneio na cara do gol. Ambos levaram US$ 4.643.

Kovalski ficou grande na mesa semi final e contou com um AA x JJ de Samuel Roussy-Majau. Ele eliminou o canandense em 13º e chegou de vez no topo em fichas. Apesar de ficar com a maior pilha na bolha da FT, o sócio do Samba Poker Team vai começar a decisão com 240.510.546, o terceiro maior stack. 

LEIA MAIS: Dan Almeida tem JJ quebrado com requintes de crueldade e zicada do Raiz: “ninguém conta pra ele”

O chip leader é o bulgaro Boris Kolev. Ele foi o responsável pelo estouro duplo da bolha da mesa final, eliminando Joakim Andersson (10º – US$ 6.691) e Kevin Mark Proctor (9º – US$ 8.475) na mesma mão. Previamente, a mesa final seria jogada com 9 jogadores. Ele terá 340.901.329 fichas. 

A decisão acontece nesta terça-feira, à partir das 16:05 (horário de Brasília). Os blinds retornam 2M / 4M com ante de 500K. Todos os sobreviventes já garantiram ao menos US$ 10.409, mas estão de olho no prêmio de US$ 123.781, reservados para o campeão. 

A partir das 14:30, Ytarõ Segabinazzi e Fernando Olímpio comandam a transmissão na Twitch da MundoTv da mesa final do Super MILLION$, com Bruno Volkmann entre os finalistas. Quando a decisão com Fabiano Kovalski começar, a MundoTv ficará ligada em todas as emoções.

Confira o chip cout dos finalistas:

1º – Boris Kolev (Bulgária) – 341.901.329

2º – Andrei Chernokoz (Russia) – 266.762.546

3º – Fabiano Kovalski (Brasil) – 249.510.452

4º – Guillaume Dias (França) – 206.930.752

5º – Pedro Neves (Portugal) – 141.337.175

6º – Vitalijs Zavorotnijs (Letônia) – 133.449.044

7º – Grayson Ramage (EUA) – 83.730.610

8º – Manuel Fritz (Austria) – 69.301.264

Confira a premiação da FT:

1º – US$ 123.718

2º – US$ 87.970

3º – US$ 57.160

4º – US$ 38.587

5º – US$ 27.360

6º – US$ 19.182

7º – US$ 13.308

8º – US$ 10.409

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Continue Lendo

ONLINE

Pablo Brito dá show na reta final e crava Bounty Builder US$ 530; Luciano Hollanda e Carlos Henrique fazem FT

Jogador do 9Tales ganhou o torneio com propriedade

Publicado

em

Postado Por

Pela primeira vez desde que a nova estrutura de dois dias foi implementada, o Brasil subiu no lugar mais alto do pódio do US$ 530 Bounty Builder do PokerStars. Com o Dia 1 realizado neste domingo, o field de 1.215 jogadores foi reduzido para apenas 55, que começaram a disputa pelo título nesta segunda-feira.

Nomes como Pedro Garagnani “pvigar” (53º – US$ 1.321), Guilherme Sazan “guisazan” (50º – US$ 2.044), Eder Campana “edercampana” (46º – US$ 2.173), Pedro Madeira “gusmaa” (37º – US$ 1.798) e Eduardo Silva “Eduardo850” (22º – US$ 3.255) foram eliminados antes da decisão. 

“Pabritz” já aparecia entre os líderes bem antes da mesa semi-final, ganhando potes importantes e alcançando a FT como líder. Sabendo aproveitar a vantagem, ele foi responsável pelas duas primeiras eliminações na decisão, com um call daqueles de JT, mandando “Her087” e Rui Ferreira “RuiNF” pro chuveiro em uma tacada só. 

LEIA MAIS: EMPOLGOU? Doug Polk desafia Doyle Brunson para heads-up e Bill Perkins com odds de 500 mil para 1; saiba mais

Vitima de Pablo Brito em um pote grande na semi-FT, Carlos Henrique “Carloss.Rox” deixou o torneio na sexta colocação, levando US$ 13.424. O algoz do brasuca foi “MarToMchat”. Em all in pré-flop, Carlos dominava o adversário: AK x AT. Porém, o board veio 6J789 e garantiu uma sequência para o britânico. 

Luciano Holanda tem uma história legal para contar na mesa final. Com menos de 1 bb no 5-handed, o sócio do Midas Poker Team conseguiu triplicar o stack duas mãos seguidas, voltando de vez para a disputa. Ele ainda conseguiu um payjump, mas acabou eliminado em quarto. 

Em all in pré-flop, “Luciano S.H” colocou todas suas fichas no pano com AQ e encontrou “tdr01” com AK. O board veio sem surpresas e o craque foi eliminado, levando US$ 23.411. Apesar de ter perdido a liderança em um momento no 5-handed, o jogador do 9Tales recuperou rapidamente e foi responsável pela eliminação de  “MarToMchat” em terceiro. 

TWITCH: Bruno Volkmann alcança a mesa final do Super MILLION$ com ótimo stack; MundoTV vai transmitir na Twitch

Depois de ganhar potes com muita competência, o baralho deu uma ajudinha. Com A9, ele mandou o britânico pra casa acertando 3 outs no turn, no board 22K98. O europeu tinha AQ. 

Após chegar no heads-up com uma vantagem de quase 3:1, Pablo teve paciência para garantir o título. Em um cooler daqueles, ele pagou o all in do vilão com trinca. “tdr01” apresentou full house e empatou de vez a disputa.

Ele ainda chegou a perder a liderança, mas soube recuperar sem grandes sustos. Na mão final, um flip pré-flop que terminou com o brasileiro acertando dois outs no river. Pela vitória, Pablo puxou US$ 82.725. A coincidência é que tanto prize normal quando bounties, renderam US$ 41 mil para o brasileiro. O romeno “tdr01” fixou com US$ 48.347.

Confira a mão final:

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Continue Lendo

Notícias

Pedro Padilha é eliminado em mão “toma lá dá cá” e Brasil fica sem representantes no Main Event do Caribbean Poker Party

A queda do jogador do Samba Team teve contornos dramáticos

Publicado

em

Postado Por

O Brasil começou o Dia 2 do Main Event do Caribbean Poker Party, no partypoker, com seis representantes. A continuação do torneio de US$ 5.300 contou com diversos craques do poker mundial nesta segunda-feira (23) e os representantes brasileiros acabaram todos eliminados. O último a se despedir do torneio foi Pedro Padilha.

O jogador paulista começou com o terceiro maior stack entre todos os 155 jogadores que haviam classificado, mas não conseguiu aumentar a pilha como gostaria, caindo um pouco no chip count nos primeiros níveis. A trajetória de Padilha no torneio terminou com a 45ª colocação e um prêmio de US$ 20.221.

A eliminação do jogador do Samba Team aconteceu uma mão cheia de emoção. Foi nos blinds 250.000 / 500.000 e começou com raise do jogador Anton Sidén para 1.050.000 do UTG. Todos foldaram e Padilha defendeu o big blind com e cerca de 18 bbs no stack. O flop mostrou e Sidén partiu para a c-bet de 969.000 após check do brasileiro.

LEIA MAIS: Em sua estreia na Twitch, Carol Dupré crava Evento #14 do MicroMillions e leva maior forra da carreira no online

Padilha pensou por alguns segundos e decidiu ir all in de 8.103.260 fichas. O adversário não hesitou em pagar e mostrou , dominando o craque do Samba Team. Só que o turn trouxe o e mudou todo o cenário. Quando estava prestes a comemorar, Padilha caiu da cadeira com o river , que trouxe uma trinca para Sidén e deu o pote ao sueco.

Além de Padilha, os outros brasileiros que premiaram foram Brunno Botteon, eliminado num baita paradão (49º – US$ 19.194), Bruno Volkmann (60º – US$ 18.147), Marcelo Costa (69º – US$ 17.110) e Dennys Ramos (89º – US$ 13.999). Bernardo Dias foi eliminado fora da faixa de premiação.

Confira como foi:

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Continue Lendo
Advertisement

MAIS LIDAS